0
Anterior
Balsemão Honoris Causa por papel nos media e na democracia
Seguinte
Cinco novos javalis no Parque Monte Selvagem
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Vídeo: Brasília faz hoje 50 anos

Vídeo: Brasília faz hoje 50 anos

Capital do Brasil e sede do Governo há 50 anos, Brasília, a cidade de edifícios emblemáticos projectada por Lúcio Costa e Oscar Niemeyer no Planalto Central, está hoje em festa.  (Veja vídeo no final do texto)
Lusa |
Brasília é um dos monumentos classificados pela Unesco como Património da Humanidade
Brasília é um dos monumentos classificados pela Unesco como Património da Humanidade / Jorge Simão
As comemorações do cinquentenário de Brasília começaram hoje cedo, com os sinos de todas as igrejas a baterem às 7h locais (11h de Lisboa) e só devem encerrar na madrugada de amanhã com vários espetáculos musicais.

Uma moeda comemorativa e uma série de selos e de cartões-postais, intitulada "Brasília - Sonho e Realidade - Monumentos e Arquitetura", serão lançadas hoje para comemorar os 50 anos da capital do Brasil. 

Brasília, Património da Humanidade 


A moeda comemorativa traz imagens das principais construções da cidade, como o Congresso Nacional, a Catedral de Brasília e o Palácio do Planalto e tem gravada a frase " Património da Humanidade - Unesco ".  

Na parte inferior da moeda, há a legenda "Brasília 1960 - 2010" e, no verso, a representação esquemática do Plano Piloto, projetado pelo arquiteto Lúcio Costa. 

De acordo com o Banco Central, serão cunhadas até 30 mil unidades em prata 925 e com valor de face de cinco reais (dois euros), sendo a tiragem inicial de 5 000 moedas, que serão vendidas pelo valor unitário de 108 reais (45 euros). 

Selos e cartões-postais 


A série de selos e os cartões-postais, que serão lançados hoje, destacam os principais monumentos da cidade, como o Memorial Juscelino Kubitschek, a Catedral, o Palácio da Alvorada e o Congresso Nacional.  

As imagens são reproduções de obras da artista plástica Júlia dos Santos Baptista e retratam os monumentos de forma estilizada, com cores vibrantes, típicas da paisagem local, como o ocre do cerrado, o cinza do cimento armado e o azul do céu de Brasília. 

Constam também na programação da festa do cinquentenário a apresentação da Esquadrilha da Fumaça, uma maratona, uma regata no lago Paranoá, jogos da etapa do circuito mundial de voleibol de praia, a apresentação da Universidade do Circo e um desfile dos personagens de Walt Disney.  

Fotógrafo dos Presidentes... 


Gervásio Baptista não revela a sua idade, mas não lhe faltam histórias para contar, especialmente de Brasília, que viu nascer, crescer e se tornar Património Cultural da Humanidade. 

Repórter fotográfico, Gervásio Baptista retratou todos os Presidentes brasileiros desde a década de 1950. 

Tinha uma admiração especial por Juscelino Kubitschek, o Presidente JK, que, resistindo a muitas críticas, construiu a nova capital do país no árido cerrado brasileiro, no coração do Brasil. 

Como fotógrafo oficial, Baptista sempre acompanhou JK nas visitas às obras da nova capital, que seria inaugurada em 1960. Conhece, portanto, o Planalto Central desde 1954.

"Naquela época, isto aqui era uma fazenda, mato puro. Isso, seis anos antes de construírem Brasília, que foi feita em cinco anos. Eu acompanhei tudo a par e passo, porque, mensalmente, eu vinha até aqui para acompanhar o progresso das obras com o Presidente JK", contou Gervásio Baptista à Agência Lusa. 

O repórter fotográfico descreve JK como um "homem de ideais", mas também como um "ser humano simples, um cidadão como qualquer outro". 

... recorda inauguração da cidade


Gervásio Baptista vangloria-se de dizer que viu Brasília nascer e é com emoção que vê a capital completar 50 anos esta quarta feira. 

"É mais do que uma emoção, é algo indescritível pisar neste solo hoje, onde vi os grandes políticos de fraque e cartola andando na poeirada de Brasília no dia da inauguração. Fica na minha retina o que eu vi naquela época, e hoje Brasília é este monumento que lhe pertence também", afirmou.

O fotógrafo, até hoje em atividade, confia no futuro do Brasil e da sua capital e diz que Lula da Silva é um Presidente "hors concours". 

"Ele está fazendo muita coisa que nunca foi feita, especialmente combatendo a fome. Este homem vai deixar o nome bem alto na história do Brasil", considerou.

Brasília palco de escândalos 


Sobre a crise política no Distrito Federal, resultante de denúncias sobre a existência de um esquema de corrupção que fizeram desmoronar o Governo local e levaram, inclusive, à prisão, por dois meses, o ex-governador José Roberto Arruda , Gervásio Baptista prefere não comentar. 

 "É muito triste. Não quero nem falar. Mas Brasília é muito mais do que isso", assinalou.   


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 0 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub