Anterior
'Geração à rasca' organiza nova manifestação (vídeo)
Seguinte
Bento XVI exorta fiéis a não ceder à máfia calabresa
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >  Viaturas da Eletricidade da Madeira transportam eleitores

Viaturas da Eletricidade da Madeira transportam eleitores

Uma queixa apresentada hoje na Comissão Nacional de Eleições diz que há eleitores a serem transportados, ilegalmente, para as mesas de voto, através de veículos da Empresa de Eletricidade da Madeira.

O cabeça de lista do CDS-PP às eleições regionais da Madeira, José Manuel Rodrigues, apresentou hoje queixa, na Comissão Nacional de Eleições (CNE), de que há eleitores a serem transportados, ilegalmente, para as mesas de voto, no concelho da Calheta.

João Almeida, membro da CNE, explica ao Expresso que a reclamação apresentada indica que apenas "alguns eleitores" estão a ser levados a votar, através de veículos da Empresa de Eletricidade da Madeira. A CNE já solicitou a atuação da polícia para verificar situação.

A CNE esclarece ainda que as entidades públicas podem organizar o transporte de eleitores, a título execional, se houver dificuldade no acesso às mesas de voto e deve ser previamente comunicado, para toda a população usufruir do serviço.

Até ao momento não foram registadas mais queixas, estando o ato eleitoral a decorrer sem incidentes.

Hoje mais de 250 mil madeirenses são chamados a votar para escolher uma nova composição da Parlamento da região, que integra 47 deputados, um sufrágio do qual resultará ainda o XI Governo Regional.

A este ato eleitoral concorrem nove forças partidárias, a maior participação de sempre desde 1976.


Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 71 Comentar
ordenar por:
mais votados
Qual é o espanto ?
Apenas Manuela Ferreira Leite, acredita que a democracia na Ilha da Madeira não está gravemente limitada.
Será que esta solideriedade resulta do facto da Madeira ter sido a única região de Portugal, a seguir o seu conselho de "suspender" transitóriamente a democracia para controlar a crise?
O problema é que é precisamente essa limitação que tem permitido o despesismo populista incontrolado de Jardim.
Conclusão: Uma sociedade bem gerida apenas pode ser democratica já que apenas a vigilância democratica poderá limitar o despesismo e o clientelismo.
É de mais democracia que necessita a Madeira e também todo o Portugal.
Permita a correcção à sua conclusão
Re: Permita a correcção à sua conclusão
mas ainda há politicos honestos???
Re: mas ainda há politicos honestos???
Re: mas ainda há politicos honestos???
Re: mas ainda há politicos honestos???
Re: Qual é o espanto ?
Re: Qual é o espanto ?
Re: Qual é o espanto ?
Re: Qual é o espanto ?
Re: Qual é o espanto ?
Re: Qual é o espanto ?
Re: Que lindo!
Re: Que lindo!
Re: Que lindo!
Re: Sem esquecer ...
Viaturas da eletricidade transportam eleitores
A melhor maneira de ver a luz ao fundo do túnel antes de votar.
Patriótico e democrático
Transportar eleitores para as urnas é um serviço cívico que deve ser elogiado.

Os transportados podem trocar as voltas e votar oposição.

A não ser que se trate de ovinos, como suspeito..

Pobre povo controlado por jardins e padres............
Homilia no Caniçal

Esta manhã dizia o padre: "sabem os irmãos que não devo pronunciar-me acerca de intenções de voto. Se assim não fosse, diria que deveriam votar nas setinhas p'ra cima".
Re: Homilia no Caniçal
Re: Homilia no Caniçal
SAO MUITOS FAVORES PARA PAGAR
Re: Amén
é escusado gritar
Os gaios nem os ossos deixam, eles comem tudo. Portugal, Espanha, Itália e Grécia serao completamente comidos pelos Gaios Gigantes da Europa do Norte. Os tugas sao burros e nao trabalham nem deixam trabalhar, expulsaram e continuam a expulsar milhoes de portugueses para o estrangeiro acima de tudo operários que poderiam criar riqueza em Portugal. Os perguicosos ficaram mais os doentes e velhotes. Os emigrantes que vêm para portugal vêm de países , onde trabalhar nao é com eles, por isso ADIEU Portugal, nao vale a pena gritar mais que os gaios nao vos vao deixar nada. Esta garanto-vos eu. Votem nos porcos como têm votado. O beco ´nao tem mesmo saída...
Re: é escusado gritar
Re: é escusado gritar
NORMAL ...
É para que se lhes "acenda uma luz" ... quando forem pôr a cruzinha ...
Melhor que na Bielo-Russia!!!
Este tipo de atitudes são similares aquilo que se passa na Bielo-Russia, mas penso que foi Alexander Lukashenko que aprendeu com o Sôr Alberto!!!
Re: Melhor que na Bielo-Russia!!!
Também se ouve dizer...
... que os padres católicos estão a apelar ao voto no PSD no fim das missas! É uma abominação e estou já a preparar uma carta pessoal para o Cardeal Patriarca de Lisboa a manifestar, como católica, a minha revolta por esta conduta!
Re: Também se ouve dizer...
Re: Também se ouve dizer...
Também ouvi dizer que o PS pagava 10 euros...
Re: Também ouvi dizer que o PS pagava 10 euros...
Re: E de facto...
Re: E de facto...
Re: Cubano que sou ...
Re: Cubano que sou ...
Re: Nem todos...
OS FAVORES TEM QUE SER PAGOS
Eleitores transportados
O direito a votar não existe? Os doentes que são transportados por ambulâncias também é ilegal o seu transporte?
O CDS protesta, e se alguns dos votantes assim transportados votarem naquele partido?
Os eleitores transportados vão todo votar em AJJ?
Haja bom censo e acabem com o bota abaixo, que tem sido o maior problema deste país. Todos querem chegao ao poder, não por mérito próprio mas sim coma destruição de todos os rivais.
Re: Eleitores transportados
Re: Eleitores transportados
Re: Eleitores transportados
Re: Eleitores transportados
Re: Eleitores transportados
Re: Eleitores transportados
Re: Eleitores transportados
Parabéns pelo seu comentário.
ERRO
Lamento ter de informar que a noticia, além de tendenciosa, está errada pois devia dizer assim: "Há eleitores que não votam Jardim a irem ILEGALMENTE a pé para as assembleias de voto". Assim é que está bem.
Re: ERRO
E ACRESCENTO
E então qual é o mal, se um eleitor doente pode ser transportado numa ambulância para ir votar porque não pôr as viaturas das empresas públicas a transportar eleitores - saudáveis - para irem cumprir o seu dever cívico. Por exemplo a PT disponibiliza a sua frota para tal. a EDP também, assim com a TAP disponibilizará a sua frota para quem prefira ir de avião e CP os combóios para o mesmo efeito. Eu próprio, confesso, usei esse 'esquema' nas últimas eleições e fui votar aproveitando-me de uma viatura da CARRIS, fui de autocarro. Vêem, não há nada de mal
Re: E ACRESCENTO
Na METRÓPOLE Não...
Os Srs Jornalistas nunca deram que isso fosse prática comum no CONTINENTE
Levar eleitores às urnas em autocarros das Cãmaras ,em carros de eleitores que fazem o transporte gratuito para que as pessoas votem em ....... partidos.
Com jeito os Srs JORNALISTAS vão ajudar a desmitificar os abusos insolentes verificados na mADEIRA.
Para tanto basta ver o que se passou e passa na METRÓPOLE
è simples.
Não existem grandes diferenças
A condenação pela justiça é que deveria ser firme e implacável em ambos os lados

Penso que os Srs JORNALISTAS tem um código deontológico.

Porque não tratam o que é igual de modo igual

PERCEBI.
CHEGOU A HORA DE BATER NO JARDIM

Só que para muitos outros nunca chega a hora
Benditos sejam
Re: Na METRÓPOLE Não...
Re: Na METRÓPOLE Não...
Re: Na METRÓPOLE Não...
Deixem-nos à vontade!
Quando é que será que, aqui, no Portugal Europeu, nos convenceremos a deixar à sua sorte o povinho da Madeira? Deixem-nos votar na execrável figura do tiranete charlatão Jardim, deixem-nos comer até fartar daquilo que foram as fortunas e as dívidas astronómicas a esburacar a ilha e a fazerem-se obras idiotas e inúteis, deixem-nos à vontade ir sofrer na pele pagarem essas dívidas (irão mesmo pagar ou seremos nós, povo ordeiro e tão vassalo da trupe do PSD, a ter esse encargo insuportável?). Esse povinho inculto e sem qualquer espírito de cidadania até gosta dessas tristes figuras que os engana com o "progresso" de obras megalómanas e até ecologicamente criminosas. Pobre rebanho quer lá saber do que são princípios democráticos de governança. O que querem é barriguinha cheia, protecção paternal, obras de fachada e gente que sabe "mandar", protegida e nas graças do clero analfabeto local, à velha maneira do sr. Salazar.
Quem gosta muito de tudo disso, lembrem-se, é aquela velha senhora D. Manuela, grande figura "exemplar" desse partido bem português que dá pelo nome burlesco de "social-democrata" !!!! Só por isso calculo que deva ser o maior embuste político da humanidade!!!
Re: Deixem-nos à vontade!
Poupança!
JARDIM ECOLóGICO!!!
Viva a poupança, abaixo os cubanos...
Manobras pouco claras, são manobras políticas.
Foram buscar os mais desfavorecidos que nunca saem do buraco que não sabem sequer quem é o Jardim, que esse senhor que ouvem falar faz maravilhas contra os maus do Continente... Enfim mais manobras de manipulação. Sou a favor que ele seja julgado por gestão danosa!
Comentários 71 Comentar

Últimas

Ver mais
Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub