17 de abril de 2014 às 10:31
Página Inicial  ⁄  Dossiês  ⁄  Dossies Atualidade  ⁄  Catástrofe na Madeira  ⁄  Vento e chuva forte colocam Madeira sob aviso laranja

Vento e chuva forte colocam Madeira sob aviso laranja

A Madeira está hoje sob aviso laranja, o segundo mais elevado, devido ao vento e chuva forte. Clique para visitar o dossiê Catástrofe na Madeira
Lusa
Vento e chuva forte colocam Madeira sob aviso laranja

O arquipélago da Madeira encontra-se hoje sob aviso laranja, o segundo mais elevado de uma escala de quatro, devido às previsões do Instituto de Meteorologia (IM) de ocorrência de chuva e vento forte.

Clique para aceder ao índice do DOSSIÊ CATÁSTROFE NA MADEIRA

Segundo o IM, no arquipélago da Madeira o céu apresentar-se-á geralmente muito nublado, com períodos de chuva, por vezes forte a partir da tarde e em especial nas zonas montanhosas, existindo ainda condições propícias à ocorrência de trovoadas.

O vento soprará fraco a moderado (10 a 30 Km/h) de sudoeste, aumentando de intensidade e tornando-se moderado a forte (30 a 50 Km/h), a partir da tarde.

Nas zonas montanhosas, o vento tornar-se-á forte a muito forte (45 a 70 km/h) de sudoeste, com rajadas que poderão atingir os 110 Km/h.

Chuva no resto do país


O mar, por sua vez, apresentará ondas de noroeste com três a quatro metros na costa norte, enquanto que no sul, as ondas serão de sudoeste, com 2,5 a três metros. A temperatura da água do mar rondará os 18 graus Celsius.

No resto do país, sem qualquer aviso, o céu estará geralmente pouco nublado, embora a nebulosidade aumente a partir do final da manhã. Para a tarde, prevê-se a ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros fracos, nas regiões centro e sul, aumentando depois de intensidade no final do dia, na região do Algarve.

O vento soprará fraco (inferior a 15 Km/h), tornando-se temporariamente moderado (15 a 25 Km/h) de sudoeste no Algarve, durante a tarde.

Relativamente ao estado no mar, as ondas serão de sudoeste, a oscilar entre os dois a três metros, tanto na costa ocidental como na costa sul.

Temperatura sobe no interior


As barras do Douro, Lagos, Alvor, Tavira e Vila Real de Santo António encontram-se encerradas, enquanto que as de Vila do Conde, Figueira da Foz e Faro estão condicionadas.

O IM prevê ainda uma pequena subida da temperatura máxima no interior norte e nas regiões centro e sul, com Ponta Delgada a registar 16º, Lisboa e Porto a atingirem os 17º, Faro 18º e Funchal 20º.

O aviso laranja representa uma situação meteorológica de risco moderado a elevado.

Nota da Direcção do Expresso

O Expresso apoia e vai adoptar o novo Acordo Ortográfico. Do nosso ponto de vista, as novas normas não afectam - antes contribuem - para a clarificação da língua portuguesa.

Por outro lado, não consideramos a ideia de que a ortografia afecta a fonética, mas sim o contrário. O facto de a partir de 1911 a palavra phleugma se passar a escrever fleugma e, já depois, fleuma não trouxe alterações ao modo como é pronunciada. Assim como pharmacia ou philosophia.

O facto de a agência Lusa adoptar o Acordo, enquanto o Expresso, por razões técnicas (correctores e programas informáticos de edição) ainda não o fez, leva a que neste sítio na Internet coexistam as ortografias pré-acordo e pós-acordo.

Pedimos, pois, a compreensão dos nossos leitores.

Comentários 0 Comentar
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub