Anterior
Furacão não atingirá Portugal Continental
Seguinte
Menina com síndrome de Down detida por queimar Corão
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Touradas: PSP evita confrontos entre manifestantes

Touradas: PSP evita confrontos entre manifestantes

PSP foi obrigada a intervir para evitar violência entre manifestantes antitouradas e aficionados, em Viana do Castelo, onde se realiza hoje um espetáculo tauromáquico.
Lusa |
Manifestantes tiveram de ser afastados pela polícia
Manifestantes tiveram de ser afastados pela polícia / Arménio Belo/Lusa

Os agentes da Polícia tiveram hoje de intervir, pelas 16h, para separar manifestantes antitouradas e aficionados, em Viana do Castelo, onde vai realizar-se uma corrida de touros, quatro anos depois do último espetáculo do género.

Os agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) garantem um perímetro de segurança, e só a sua intervenção evitou confrontos físicos entre manifestantes.

Vinte agentes da PSP encontram-se na porta principal da praça de touros amovível, instalada nos limites municipais de Viana do Castelo.

Pelas 16h15 os agentes da PSP tiveram de fazer "uma limpeza", segundo expressão da polícia, fazendo recuar os manifestantes antitouradas mais de 50 metros.

Os cerca de 200 manifestantes antitouradas encontram-se concentrados no caminho público de acesso à arena, tendo-se exaltado os ânimos à passagem dos cavaleiros tauromáquicos.

Tribunal permitiu tourada


Os cavaleiros António Ribeiro Telles, Luís Rouxinol, Pedro Salvador, Duarte Pinto e João Telles Júnior, bem como o matador de touros Luís "Procuna", integram o cartaz da corrida agendada para as 17h de hoje, e para a qual são esperados 2.800 espetadores.

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga viabilizou esta tourada ao dar cinco dias à organização para se pronunciar sobre os argumentos do município no recurso que este apresentou.

Na prática, esta decisão permite a realização da tourada, na freguesia de Areosa, apesar de a câmara insistir que a instalação daquela arena amovível foi feita em terrenos de "elevado valor paisagístico", numa "violação grave" do Plano Diretor Municipal (PDM), da Reserva Ecológica Nacional e do Plano de Ordenamento da Orla Costeira.

"Estamos a assistir a um atentando ambiental grave, sem que ninguém faça nada. Estou perplexo", afirmou o autarca José Maria Costa, que lidera a Câmara que, em 2009, aprovou uma declaração "antitouradas".  


Opinião


Multimédia

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 112 Comentar
ordenar por:
mais votados
Que país
este, de pseudo toureiros, sem qualquer valor, de gente mafiosa que gira á volta destes eventos, onde se torturam animais, para tirar proveitos monetários.
Mais animais do que os touros, só mesmo as bestas que os torturam, ou os atrasados mentais que os "pegam", já todos ensanguentados, cansados de tanto sofrimento.
Ás vezes detesto o meu país.
Sinto uma mágoa por tanta ignorância, tanta gente sem berço, sem civismo, sem educação, sem nada.
Tanta gentalha.
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Que país
Re: Touradas: PSP evita confrontos entre manifesta
Estes toureiros foram para ali provocar o povo de Viana do Castelo , cuja camara tinha decidido por regulamento municipal que não queria lá touradas.

Mereciam levar uns bons cachações , a maior parte deles pertence à suposta elite impune que se acha dona deste país , está mal habituada por isso que isto é tudo à maneira deles , pode ser que se saíam mal algum dia.

Se querem defender o seu negócio , que o defendam nas suas quintas , não o queiram impôr às pessoas.
Re: Touradas: PSP evita confrontos entre manifesta
Re: Touradas: PSP evita confrontos entre manifesta
Uma moldura DESUMANA de 2800 espectadores!
muito bem
Re: Touradas: PSP evita confrontos entre manifesta
Re: Touradas: PSP evita confrontos entre manifesta
Re: Touradas: PSP evita confrontos entre manifesta
Quem não gosta põe à borda do prato.
Que porra de mania tem esta gente dos defensores dos animais! Nunca tentei impingir os meus gostos aos outros mas este gente fá-lo com a maior das facilidades, passando por cima de tudo e de todos. Não gostam de touradas não ponham lá as patas, porra! Eu não sou apreciador e não vou lá!Quem quizer fazé-lo que o faça. Agora quererem acabar com algo que não lhes diz respeito está mal. Deveriam ser obrigados a sustentar quem ficar sem emprego quando atingirem o seu objectivo - acabar com as touradas, com os touros e com tudo o que gira à sua volta.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
"dopam os animais antes de serem toureados"
Re:
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
Re: Quem não gosta põe à borda do prato.
AFINAL
A democracia para uns acaba quando a vontade de outros começa?
Re: AFINAL
Re: AFINAL
E os touros?
Não sendo eu aficionado,acho uma violência querer impedir alguém de ver o que quiser.Quem acha essa gente que é,puritanos que não comem bifes?Se lá estivesse,largava-lhes os touros na final,a ver se tinham tanta coragem
Re: E os touros?
Re: E os touros?
Re: E os touros?
Re: E os touros?
Tourada é tortura. Não é arte nem Cultura.
Subscrevo totalmente. São reminescências dos tempos dos gladiadores romanos....
Manifestantes?
Quais manifestantes? Só os nórticos quequinhas contra a Festa Brava. O que vi além deles foi o público normal para um espectáculo taurino. Se hove manifestantes foram só uns. Cuidado com os títulos!! Viva a Festa Brava . Vivó Mediterrâneo e a terra do vinho e da cal.
Re: Manifestantes?
Touradas: E viva a liberdade de manifestação
Eu que estive contra a posição da Câmara em proibir o que não tem competência de proibir, estou com os manifestantes que estão contra as touradas, por ser é um acto cívico, baseado na opinião e sensibilidade.

Mas só concordo com a manifestação (em si mesma) contra as touras.

Tal como se houvesse uma manifestação a favor das touradas, também estaria contra a proibição dessa manifestação.

Temos de aprender que, manifestar não é proibir, mas apenas, e muito bem, dar a nossa opinião em conjuntos com outros que pensam e sentem o mesmo.
Re: Touradas: E viva a liberdade de manifestação
Re: Touradas: E viva a liberdade de manifestação
Re: Touradas: E viva a liberdade de manifestação
Cada um "come" do que gosta
Estamos num país livre como tal quem gosta de touradas vê e aprecia, quem não gosta não vai ou muda de canal. Será assim tão difícil compreender? Cada um é livre de ter a sua opinião a favor ou contra, mas a essa liberdade acaba quando começa a do outro. Eu sou a favor das touradas e do abate do touro na arena, considero que a tourada é uma arte.
Aparece aqui cada um!
Re: Aparece aqui cada um!
Re: Aparece aqui cada um!
Re: Aparece aqui cada um!
Re: Aparece aqui cada um!
Touradas?!?


Touradas? Isso é démodé,pá!

Já pensaram em substituir a Tourada por Buzkashi, tradição no Afeganistão?!?

O Buzkashi é uma espécie de pólo, mas em vez dos cavaleiros darem cacetadas numa bola, dão numa cabra…um espectáculo!! Sério, não há nada de mais divertido que ver a cabra ir pelos ares e os fanáticos todos à cacetada.

Qual touradas qual carapuça! Um boi, cavaleiros, farpinhas…etc?!? Longo bocejo...Isso tem alguma piada?

Proponho o jogo do Buzkashi com um boi, tunga, trás, pás, boi pelo ares…e os espectadores da frente ainda correm o risco de levar com o boi em cima, isso é que era porreiro!!!

Bora lá fazer uma petição pela introdução do Buzkashi Bovino.

Primeiro (a) assinante:

1- A. Correia K.

OS ANTIS DEVEM COMER SÓ ERVA, SÓ PODE!
Sim porque no matadouro, os frangos, porcos, ovelhas, vacas, etc, também sofrem.
Convém não esquecer que um peixe também sofre ao sair da água; é que um peixe não existe sob a foram de filetes, pois é um ser vivo.
Se querem ver o que sofre um peixe ao sair da água, mergulhem a vossa cabeça na água durante largos instantes, e insistam mesmo que vos falte o ar.
Chamar nomes aos outros ( estamos a falar de milhões largos, na Europa e América Central/Sul) só porque não veêm as coisas como nós não está correcto.
Mas
É lamentável no séc.21, haverem seres humanos que até pagam para ver, massacrar animais em público. As touradas deviam inovar, arranjarem uma alternativa que dê espétaculo sem magoar os animais.
Re: Mas
A TOURADA É UMA TRADIÇÃO SECULAR
também os caçadores de cabeças da ilha do Bornéu!!
Re: A TOURADA É UMA TRADIÇÃO SECULAR
Re: A TOURADA É UMA TRADIÇÃO SECULAR
Re: A TOURADA É UMA TRADIÇÃO SECULAR
Re: A TOURADA É UMA TRADIÇÃO SECULAR
Re: A TOURADA É UMA TRADIÇÃO SECULAR
Re: A TOURADA É UMA TRADIÇÃO SECULAR
Touros,touradas,toureiros, & outros que tais
Como é possível que uma pessoa possa ir para uma arena desfrutar do sofrimento de um animal que não se pode defender?...
Onde está a "arte tauromáquica", numa situação em que a única finalidade reside em provocar sofrimento inútil num ser vivo?
As pessoas que se deleitam com esta "arte" são do mesmo tipo das que se deleitavam com a "arte" da luta de gladiadores...
Espetáculo?
Um acontecimento feito por pervertidos para perversos. Quem tem prazer e até aplaude enquanto um animal é torturado sofre de perversão.
Comentários 112 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub