20 de abril de 2014 às 22:48
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Milhares de casas sem luz em Silves e Lagoa

Milhares de casas sem luz em Silves e Lagoa

Região algarvia, entre Lagoa e Silves, foi fustigada "por de um fenómeno de vento extremo". Presidente da Câmara de Silves pede ajuda ao Governo, dizendo que há "milhões de euros" de prejuízo. Há milhares de casas sem eletricidade. Veja a fotogaleria e os vídeos.
Carlos Abreu e Mário Lino, correspondente no Algarve (www.expresso.pt)

20h01 - Rogério Pinto, presidente da Câmara Municipal de Silves, pede ajuda ao Governo. Diz que há "milhões de euros" de prejuízo e que existem cerca de 100 veículos danificados, só em Silves, a par do telhado da Sé Catedral, da Câmara Municipal e do Mercado Municipal. O campo de futebol do Silves Futebol Clube também ficou sem bancadas. Rogério Pinto diz não ter meios, nem técnicos, nem humanos, nem financeiros, para repor a situação.

19h54 - Existem 4300 pessoas sem energia elétrica, em Lagoa e Silves

19h53 - Sobe para 13 o número de feridos, segundo o Comandante Distrital da Protecção Civil de Faro, Abel Gomes. Três estão em estado grave, mas só um deles inspira mais cuidados.

19h52 - Há 3 famílias desalojadas em Lagoa

17h52 - Veja a fotogaleria com fotografias dos estragos em Silves e em Lagoa:



17h26 - Vídeo com imagens do fenómeno atmosférico a formar-se no mar, em Lagos:



17h25 - O hospital de Faro confirma a entrada de três feridos, em diferentes estados de gravidade, mas nenhum corre perigo de vida.


17h18 - Vídeo com imagens dos estragos do temporal em Lagoa:



17h05 - Fonte de Instituto de Meteorologia diz ao Expresso que se tratou de um fenómeno de vento extremo não podendo ser de outra forma classificado até que uma equipa avalie no terreno os danos causados, o que a acontecer  será feito nos próximos dias. O IM não afasta a possibilidade de se ter tratado de um tornado.

16h56  -  INEM confirma cinco ferido ligeiros, da zona de lagoa, transportados para Hospital do Barlavento, quatro da zona de Silves para o estabelecimento hospitalar de Faro. Destes, dois aparentemente são graves, um homem e uma mulher. Segundo o  INEM local, na zona de Silves foi assistida mais uma pessoa que não necessitou de mais cuidados médicos.

16h21 - Protecção Civil confirma ao Expresso oito feridos ligeiros, não não exclui a possibilidade de este número aumentar já que decorre neste momento uma operação de reconhecimento da zona afetada (Silves e Lagoa). No ar está um helicóptero pesado Kamov e no solo 72 operacionais. Também já seguiu para a zona sinistrada um reforço de 60 operacionais das corporações de Beja e Évora.

16h19 - Corporações de bombeiros de Silves e de Albufeira trabalham para que a situação volte o mais rapidamente possível à normalidade. Helicóptero da proteção civil sobrevoa a zona afetada.

16h17 -  Balanço rápido dos prejuízos materiais: edíficios da Câmara  e do mercado municipal de Silves estão sem telhado, tal como outras casas em Lagoa e Silves,muitas árvores derrubadas na zona ribeirinha, uma série de carros destruídos, bancadas metálicas do estádio do Silves Futebol Clube retorcidas e bastante danificado o restaurante "Burger Ranch", um investimento de 500 mil euros inaugurado em julho, como se pode ver no vídeo abaixo:




16h16 -  Uma das carrinhas funerárias foi a rebolar até "se espetar" numa árvore, segundo diz ao Expresso o proprietário. "Estão completamente partidos, não sei como vou arranjá-los. Se eu agora for comprar um novo, cada um custa pelo menos 70 mil euros - lamenta Joaquim Reis, proprietário da Agência Funerária da Região Algarvia -, eram os únicos que tínhamos, não sei como vai ser." Joaquim Reis estava na agência funerária quando sentiu a tempestade, tentou fechar janelas e portas mas o vento não deixou.

16h15 -  A zona mais afetada é a zona ribeirinha de Silves, em especial junto às piscinas municipais de Silves, um parque de estacionamento, onde se encontram quatro autocaravanas e três carros funerários destruídos.

16h10 -Testemunhas dizem ao Expresso que viram "um tornado" formar-se no mar e que veio para terra, para norte. A forte rajada fez-se sentir às 13h32.

14h23 - Árvores caídas, carros capotados, telhados arrancados e um rasto de destruição é o cenário visível nas cidades algarvias de Silves e de Lagoa. Um fenómeno atmosférico. Há prejuízos graves e há feridos, ainda por contabilizar.


Valdemar Costa/Lusa No aldeamento Lagoa Sol junto ao auditório municipal de Lagoa, o vento arrastou carros pela via pública provocando o capotamento de um deles

Foram 15 minutos de medo. Paula, 48 anos, funcionária da Junta de Freguesia de Silves, só teve tempo de fechar as janelas e as portadas. Quando ela e as colegas foram à rua, encontraram um cenário de devastação: "Dentro da cidade, está tudo destruído, tudo partido, os carros, os toldos, até a clarabóia da Câmara Municipal".

O fenómeno, que já motivou a deslocação de vários meios da Proteção Civil, Bombeiros e INEM, ocorreu entre as 13h30 e as 13h45, aproximadamente.

As comunicações móveis estão inoperacionais e o trânsito na cidade severamente condicionado, devido à queda de árvores e dos postes de semáforos, que também foram atingidos.

Comentários 16 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Vamos ser respeitadores nos comentários
Trata-se de uma absoluta falta de gosto tecer comentários idiotas ou que nada têm a ver com este assunto face a uma notícia desta.
Antes de escrever um comentário do qual se arrependa depois, pense:
Se eu tivesse chegado à rua e visto o meu carro de rodas para o ar,
se o telahdo da minha casa tivesse voado,
se eu ou alguém da minha família ou dos meus conhecimentos tivesse ficado ferido...

pensaria da mesma maneira, e escrevia comentários idiotas?

Obrigado por ter bom senso. Nada de brinc ar com desgraça dos outros.
Evocação de Silves
Diz-me Abu Bakr amigo,se de Silves as saudades são tão grandes quanto as minhas...

Início do belo poema de Al-Mutamid evocando Silves,desde a sua prisão em Aghmat.
Sindicatos
Qual tornado qual quê isto foi o Arménio e os sindicatos. Esse bando de vandalos e criminosos. É melhor fecharem-se em casa pois eles andam aí a destruir Portugal.

ahahahahahah.
Re: Sindicatos Ver comentário
Re: Sindicatos Ver comentário
???
porquê o "poderá..." na notícia?
Caos
Agora deviam por a Merda dos Estivadores a trabalhar a força !!!
A limpar isto tudo .
Re: Caos Ver comentário
Re: Caos Ver comentário
Re: Caos Ver comentário
Espero q catastofres do Continente recebam ajuda
Espero q catastofres do Continente recebam ajuda
Igual ao que o papagaio psd da Madeira tem recebido para além de ainda assim morder no dono,...
Houvi os alertas do que pode acontecer na sequência do mau tempo, mencionam todas as cidades do sul mas não referem LISBOA , Amadora , Odivelas etc.
Aqui só chove porrada da PSP s/ cidadãos indefesos , e só chove a mais elevada taxa de desemprego do País!!!
Trajédia
Veio do mar, entrou pela praia do Paraíso, avança pelas Sesmarias e passa pelo Jumbo de Lagoa, destruindo casas no bairro de Lagoa aí existente e segue para Silves, onde deixa uma rasto de destruição.
Não há notícia, nos últimos anos, de coisa semelhante nesta zona.
Os antigos falam num "ciclone" em data que não precisam, mas de há mais de cinquenta anos que terá destruído árvores e bens pela zona de Lagoa, do que não há registo vídeo, pois na altura o Algarve era outro país, isolado do mundo.
Hoje, os danos são enormes, com prejuízos assinaláveis para muitoas famílias, ao menos os feridos parece que não são graves, o que até parece milagre pelos estragos vistos no local.
Em relação ao papel da autarquia dizem que foi louvável o serviço de fundionários e do Sr. Vice-Presidente. Quanto ao Presidente, deve ter sido avisado pelos deuses e, como habitualmente, resguardou-se.
Calma
Este presidente de Silves é novo.....novo mas velho.

A anterior já deu à sola. Foi para as águas do algarve, onde recebeu d eprenda salário chorudo, carro com motoristas e outras mordomias, pagas pelo zé pacóvio.

Para trás deixou um mar de dívidas por pagar, mais graves que dez destes ciclones.

Chamme-lhe o ciclone Isabel Só-ares...

Paga zé e não arrota....
...
sinceramente acho que o exercito tem todos os meios necessarios para intervir, reconstruir (talvez fornecer alguns materiais) e dar a assitencia necessária para que tudo volte á normalidade...

sempre a pedir milhões por tudo e por nada, não pode ser...
Re: Milhares de casas sem luz em Silves e Lagoa
Silves levará muito tempo a recuperar do ciclone que por ali passou nos últimos doze anos.

O ciclone Só-ares arrasou aquilo,,,,

agora quem fica que pague.
Previsão
Não sei se para fenómenos desta natureza poderá haver previsão.
Penso que o Instituto de Meteorologia que nada disse a avisar. Não haveria um mínimo de previsão e cuidados a ter ?
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub