Anterior
Polícia que matou jovem em Campolide já entregou arma
Seguinte
Clint Eastwood contra Barack Obama
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Surfistas da Ericeira protestam contra "autarca Hulk"

Surfistas da Ericeira protestam contra "autarca Hulk"

Manifestantes na Ericeira acusam a autarquia de querer "destruir" a praia, após a expropriação de um campo de surf. "Penso que não estamos num estado comunista", ouviu-se.
Lusa |
Muitos protestos na Ericeira
Muitos protestos na Ericeira / Miguel A. Lopes/Lusa

Muitas dezenas de surfistas concentraram-se hoje junto à praia de Ribeira d'Ilhas (Ericeira) para protestar contra o encerramento compulsivo e processo de expropriação de um campo de surf pela câmara municipal de Mafra.

Vários surfistas empunhavam cartazes comparando o autarca de Mafra, Ministro dos Santos, ao Incrível Hulk ("destruir, destruir, destruir"). Noutro dos cartazes, lia-se "fiquem nos vossos gabinetes, não nos estraguem a praia".

"Isto é uma invasão de propriedade privada. Penso que não estamos num estado comunista - a câmara decretou utilidade pública para montar um centro de negócios pior do que o que cá está", disse aos jornalistas José Maria Pyrrait, treinador de surf.

Na segunda-feira, a câmara municipal de Mafra encerrou o campo de surf (uma espécie de parque de campismo para surfistas, com uma escola de surf) da praia de Ribeira d'Ilhas. Os proprietários do campo foram obrigados a desmontar o espaço e a desalojar os campistas na presença da polícia.

Proprietários discordam do projeto de requalificação


O encerramento veio na sequência de um processo de expropriação levado a cabo pela autarquia. Os proprietários do campo de surf discordavam do projeto de requalificação previsto para a praia, e tencionavam avançar com um outro projeto de construção de um novo 'surf camp'.

Luís Duarte, um dos proprietários do campo de surf, disse aos jornalistas que continua disponível para dialogar "com toda a gente". Acrescentou ainda que a proposta da autarquia pela compra do espaço era de "60 mil euros pelo terreno e 120 mil euros pela empresa", o que "nem dá para pagar o empréstimo bancário".

Havia surfistas estrangeiros na concentração, entre os quais dois italianos, Francesco e Davide. "Vi o projeto da câmara, é horrível", disse à Lusa Francesco. "Este sítio é uma reserva mundial de surf, e isso é em parte por causa do trabalho" dos proprietários do campo de surf, acrescentou.


Opinião


Multimédia

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Costeletas de borrego com migas de castanhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.


Comentários 57 Comentar
ordenar por:
mais votados
Façam uma busca no Google
À boa maneira portuguesa, o jornalista não fez NENHUMA investigação, e vários comentadores "alvitram" sem terem nenhuns dados. Até podem ter razão, mas INFORMEM-SE!

Vejam o Plano no site da Câmara de Mafra: www.cm-mafra.pt/requalificacao/index.asp

A praia é pequena, e a área a intervencionar tem 15 hectares.

Além disso, descobri o seguinte anúncio da REMAX num site angolano:

www.anuncios-angola.com/casas/terrenos/terreno-com-30-hectares-4km-da-reserva-mundi al-surf-praia-de-ribeira-dilhas-ericeira-lisboa-1303.htm

"A 4km da praia Ribeira D´Ilhas (Reserva Mundial do Surf) - Ericeira, encontra este fantástico projecto com vista mar que pode assumir diversas formas de desenvolvimento no âmbito de um empreendimento turístico. Este será implantado num terreno com cerca 30 hectares, dos quais encontra cerca de 11 hectares com potencial de construção na ordem dos 11.000m2. Apesar de provisório e de poder ser sujeito a alterações, existe já um Masterplan para o projecto."

OU SEJA, NÃO É SÓ A "REQUALIFICAÇÃO" DA PRAIA, SÃO CONSTRUÇÕES QUE ULTRAPASSAM VÁRIAS VEZES A SUPERFÍCIE DA PRÓPRIA PRAIA, E O QUE ESTÁ EM JOGO SÃO DE FACTO VÁRIAS OPERAÇÕES IMOBILIÁRIAS!!!

É POR TUDO ISTO QUE SOU CONTRA A AUTONOMIA LOCAL E A REGIONALIZAÇÃO, POIS NÃO PODE HAVER CONTROLO DE TODAS AS ASNEIRAS QUE SE FAZEM POR ESSE PAÍS FORA. Não é ser feio ou bonito: É QUE É A DESTRUIÇÃO SISTEMÁTICA DO PATRIMÓNIO NATURAL (E CULTURAL) EM NOME DO "POGRESSO" E DO LUCRO.
Isto merece uma investigação séria
Vejam as contas bancárias do engenheiro e familia
Re: Façam uma busca no Google
Como pode o cimento pode melhorar a Reserva d Surf
Exceptuando o autarca de Peniche
Que impulsionou muito esta modalidade, trazendo para peniche os Campeonatos mundiais de Surf, este funcionário público de mafra, deve querer fazer um condomínio em cima das ondas.
Se a praia de Ribeira de Ilhas é conhecida cá e internacionalmente precisamente pela prática de surf, ter um camping para surfistas e uma escola de surf é perfeitamente natural e normal.
O que ele deveria ter feito, era ser a Câmara a explorar o referido parque, colocando também as infra estruturas necessárias como qualquer parque de campismo.
mas como sempre a solução neste país é polícia, porrada e expulsar quem está.
Seja em casas sem licenças, seja em parques, seja onde for.
O presidente de Mafra ainda vai expulsar os surfistas da própria praia.
Para lá caminhamos.
E mais, aquela praia, é das melhores para a prática do surf.
O homem é saloio, e não vê um burro á frente de uma caixa de fósforos.
Ainda deve pensar que os surfistas são uns bandalhos, que é a mentalidade desta gente.
Num país que não se sabe governar...
...talvez uma ditadura? Não conheço a Ericeira, mas pelo que vejo através da televisão parece-me um local pacato, sem grandes mamarrachos tipo Algarve... Será que não entendem que o turismo de massas acaba por dar cabo de tudo e que por fim os turistas fogem? Estou neste momento em Bali e quase que me arrependo de ter vindo, tal a confusão, engarrafamentos, torrentes de gente e praias medíocres que encontrei (também há boas!)... Deram cabo disto e fomos nós, os ocidentais! Não façam o mesmo na Ericeira - comecem já a investigar o presidente da câmara! Se existisse verdadeira justiça em Portugal, acredito que metade dos autarcas estariam a ver o sol aos quadradinhos!
Infelizmente, o betão já atacou na Ericeira
Por que cargas d´água?

Por que cargas d´água o autarca de Mafra está a vender o empreendimento em Angola... Numa Angola onde há praias tão bonitas... E calor...

Data de Publicação: 18-04-2012 10:01:26 | Nome de contacto: Paulo Duarte | Localização: Luanda (Cidade) | Lugar: Ericeira - Lisboa | 2110 visualizacoes deste anuncio | www.anuncios-angola.com/casas/terrenos/terreno-com-30-hec... - Angola

18 abr. 2012 – A 4km da praia Ribeira D´Ilhas (Reserva Mundial do Surf) - Ericeira, encontra este fantástico projecto com vista mar que pode assumir diversas ...

Angolanos não se deixem enganar... Há muitos pilantras por aqui...
Investigação já!!!!
É a batalha do betão
Conheço bem a zona.
Estava-se mesmo a ver que, um espaço daqueles em frente à praia não ia durar muito...Está mesmo a pedir uns caixotes de betão para satisfazer a ganância dos patos-bravo.

E, claro, como as câmaras andam sôfregas por dinheiro, nada como a entrada de uns dinheiros das licenças de contrução, habitação, saneamento, etc.

Se a área era protegida ou o projecto vai contra o PDM, tudo se ultrapassa com o dinheiro do betão.

Não tarda, a Ericeira é outro Algarve.
Será que se saberá a verdade? - E o castigo?
Era importante saber qual o património actual do Presidente da Câmara e dos seus vereadores, incluindo família próxima e deixar este aviso:

"SE DESCOBRIRMOS QUE HOUVE ENRIQUECIMENTO SEM JUSTIFICAÇÃO, DEIXAM DE SER POLÍTICOS E FICAM SEM O PATRIMÓNIO, ALÉM DA PRISÃO CORRESPONDENTE"

Seria suficiente para acalmar a ganância (destes e dos outros autarcas deste País) e talvez deixar tudo como está... ou melhorar, o que deve ser mesmo melhorado
Re: Será que se saberá a verdade? - E o castigo?
Re: Será que se saberá a verdade? - E o castigo?
Re: Será que se saberá a verdade? - E o castigo?
Qual surpresa? Há anos que toda a gente fala disso
Re: Será que se saberá a verdade? - E o castigo?
O Sr. não é comunista, mas ditador.....
Muito provavelmente que autorizar a construção de mais um mamarracho como os da Qta de Santa Barbara e Qta da Pevides em Mafra, dois monstros desmesurados, com inúmeros prédios por acabar por não haver quem compre, com moradores à nora com prédios cheios de problemas por não terem sido construídos os prédios que os iam complementar, com construtores afogados em dívidas.
Autorizou de forma no mínimo questionável, a urbanização de terrenos para construção de prédios numa zona de vivendas. Alegou que não autorizaria a abertura de cafés nestas urbanizações a não ser nos espaços previstos para o efeito, mas permitiu a alteração de um prédio ainda na fase de construção para abertura de um café em zona não prevista.
Optou pela construção de uma autoestrada com uma viabilidade duvidosa e entregou a sua administração a membros da sua família.
Ainda algum dia haverá quem tenha coragem de pedir a auditoria séria às contas da câmara, às medidas tomadas e a tudo o resto que se houve à boca surda nos cafés, barbeiros e outros locais onde se juntem mais que um Mafrense!
As contas da autarquia são conhecidas
Re: se os mafrenses tivessem os ditos no sítio
Elegem...
uns tipos primários para as autarquias e depois queixam-se...
Desgovernantes..a governarem se...
Desgovernantes a governarem se mais um labrego a destruir o que de bom tem o nosso Pais, sao os eleitos do povo a fazer esta javardise uma verdadeira vergonha,este Pais esta cheio de cisnes negros no poleiro tudo fazem sem ninguém entender razão ou lógica para tal,estes sao os vende Pátrias mais um em Mafra;Continuar a denunciar esta vergonha pelo mundo fora...
Crimes
Não conheço bem o caso, mas pelo que percebi destrói-se um local de concentração de surfistas por mais um centro de negócios em betão.
Portugal precisa de ser melhor e diferente e com estes exemplos não vai lá.
Também a destruição do Algarve foi o maior crime da história do nosso país. O Algarve poderia ser a melhor estância turística da Europa e não passa de um imenso galinheiro, caríssimo e apinhado de gente 2 meses por ano.
Re: Crimes
Re: Crimes
esclarecimentos...
Ribeira de Ilhas, palavras de um ex-dono (por opção e não por expulsão dos poderes eleitos!?!?)
 
Estávamos nos finais do milénio passado quando o meu amigo Tiago Oliveira me veio apresentar a sua ideia de sonho com a ideia de me incluir no projecto e ser sócio dele e do Luís Duarte, chamando também a esse sonho o Aristides Paiva, “Arri”.
  Falámos todos e, no meio da excitação surfística e no sonho
de comprar Ribeira, foi sendo criada a base do Ribeira Surf Camp. Juntámos os trocos que havia e que não havia, alguns de nós fazendo empréstimos pessoais que nos custaram o pelo do corpo mas conseguimos e, orgulhosamente, lá comprámos o terreno em Ribeira, sim comprámos! Que não haja dúvidas que é de alguém, não de uma Câmara com unhas longas. Até fomos ao limite de dar uma compensação a quem lá ocupava o terreno que também nos saiu do bolso.
 
Desde logo tentámos ultrapassar as barreiras naturais existentes, vulgo lixeira gigante que o terreno era, e iniciámos, á força de braços a limpeza e desobstrução do terreno. O que fomos encontrando dava para o cenário de uma mega-produção Dantesca do apocalipse. Mais uma vez á custa dos poucos trocos que havia e mantendo, ou tentando, os empregos que alguns tinham investimos e começámos as obras e iniciámos a transformação do aterro em projecto de bem-estar. Nunca nos apoiaram em nada, nem um carrito de limpeza para retirar o lixo, nada. Foi a empresa onde trabalhava na altura que nos cedeu uns contentores e os respectivos trasnport
Re: esclarecimentos...
Re: esclarecimentos...
Re: esclarecimentos...
...
a câmara tomou posse administrativa com base num mandato pessoal do presidente da cÂmara pois a expropriação está a ser discutida em tribunal, mas a urgência de lançar os contratos públicos de construção é tanta que vale tudo e mais alguma coisa...retiram-lhes o negócio, sem compensação, sem acordo, sem sequer uma ordem do tribunal...que país é este?
Não podem pedir uma providencia cautelar?
Re: Não podem pedir uma providencia cautelar?
Re: Não podem pedir uma providencia cautelar?
...
fecha-se um ponto de referencia mundial no verão...apenas com conforto legal como disse o vereador da cÂmara, os donos daquilo trabalharam para conseguir o estatuto de reserva mundial de surf "inventando" o local durante 11 anos, que é só calhaus, não dá para tomar banho e tem um areal que fica com menos de 1 hectare para fazerem uma intervenção de 15 hectares e 3 milhões de euros? criar um mega parque de estacionamento e lojas para um fluxo medio anual de 400 pessoa na praia...no verão o que se vÊ são 85% surfistas que não gastam um tostão....e quem os vai ver...que pouco gasta, mesmo os negócios que lá estão ñão dão para o ano todo....que é isto? os direitos dos proprietários que foram quem teve a ideia de melhorar aquilo? é de loucos onde isto chegou

A Lei do Betão e do Alcatrão a falar mais alto
Enviado ao Xr. Presidente da Câmara

Apesar de não ser Mafrense sou Português e cidadão do mesmo Mundo que vos deu a sorte de terem a praia de Ribeira d'Ilhas no vosso concelho.É com muita pena que vejo mais um projeto de construção numa das melhores praias portuguesas.Não chega o mostro de cimento que fizeram na nossa Caparica, Algarve...,também aqui o objetivo parece ser avançar com uma requalificação que diz ser "sustentada".Em quê?Não basta já de construir e alcatroar?
Re: A Lei do Betão e do Alcatrão a falar mais alto
Comunista mais ou menos...
O alarve Ministro dos Santos é do PSD e foi eleito 52% dos votos. Com uma maioria destas e o seu partido no governo, o homenzinho deve sentir-se o maior. Não é que se o iluminado fosse de outro partido a coisa seria melhor... mas para quem fala tanto em iniciativa privada, empreendedorismo e retirada do Estado da economia...
Re: Comunista mais ou menos...
Comentários 57 Comentar

Últimas


Pub