Anterior
Azeite transmontano aromatizado e com algas
Seguinte
Falências vão aumentar no sector do leite
Página Inicial   >  Economia  >  Agricultura  >   Subsídios: tirar aos ricos para dar aos pobres
Vídeo

Subsídios: tirar aos ricos para dar aos pobres

O próximo orçamento para a Política Agrícola Comum vai ter menos dinheiro para distribuir por mais países. O eurodeputado Capoulas Santos quer tirar aos países ricos para dar aos mais pobres.
|

Foto de Alberto Frias

Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 10 Comentar
ordenar por:
mais votados
Tirar aos ricos para dar aos pobres
Andaste " NA ERVA" outra vez?
Quem faz isso era o Robin dos Bosques, mas como já não existe, agora são os ricos que tiram aos pobres!
!
Tirar aos ricos para dar aos pobres? Isso fazia o Zé do Telhado. Nos últimos anos e com o teu "socialismo" só se tem tirado aos pobres para dar aos ricos. Nesse vosso capitalismo selvagem a que chamaram socialismo...
Deve estar a pregar aos peixes
Só temos gente desse calibre para nos desorientar,passa a puta da vida a alimentar-se à custa dos pobres e só agora que já não há pobres,visto sermos uns desgraçados,vem este cámolas com a lenga-lenga de engana parvos;o rapaz está a esquecer-se que hoje já ninguém acredita em contos de fadas,isso já lá vai;casos concretos e na hora;
Até me faz lembrar o PR,depois de subsidiar e mandar destruir a maior parte dos barcos pesqueiros,vem dizer-nos que para equilibrar a nossa economia temos que nos virar para o mar;é só aberrações!
Ah! Ah! Ah! Mas isso, aonde é que vai acontecer ?
Óh «Capou-las» dos Santos, estás a falar de QUÊ ? - Para já, não devias beber tanto ! Pois não acredito que não saibas que a Gorda FRAU Merkel, era uma COMUNISTA da RDA e portanto ... ela nunca permitirá essa MARXISSE ? - Não sabes que antes da queda da RDA ... a gaja era COMUNISTA e sócia do PARTIDO COMUNISTA e que, por causa disso, até ficou vacinada contra essas LENINISSES ? «PORRRA!»! -Tem JUÍZO Pá!
Re: Subsídios: tirar aos ricos para dar aos pobres
Este chulo capoulas, que se governa ao serviço das políticas da destruição da nossa agricultura pela UE, que se vangloria por ter estado ao serviço da desgraça da agricultura nacional, está com rebates de consciência e diz querer agora que se faça aquilo que sempre combateu por interesses pessoais e de classe.

A desfaçatez e falta de vergonha destes crápulas choca quem tem estado atento às suas manobras.

Como é que se pode esperar que o incêndio da nossa desgraça venha agora ser apagado por quem o ateou?
Re: Subsídios: tirar aos ricos para dar aos pobres
Re: Subsídios: tirar aos ricos para dar aos pobres
Tirar dos ricos, não é façanha fácil
É difícil tirar dos ricos: eles têm medo de ficarem pobres
Não é realmente fácil, mas vai acontecer. O Capoulas está no rol dos meus amigos no Facebook. Não sei se ele é santo como muitos dos que pensam que são, mas não está perto da classificação dos piores. A proposta dele, no que se refere á agricultura, é boa. Porém eu acho que tirar de uns poucos ricos não è justo. O certo seria tirar um pouco de todos que são ricos para equilibrar o orçamento dos agricultores e das micro e pequenas empresas que estão a ser engolidas por grandes empresas financiadas pelo capital selvagem do governo paralelo. Tirar de todos é possível se forem aprovadas as soluções propostas pelos excluídos que são as vitimas mais atingidas pela administração ditatorial dos supercapitalistas. Enquanto não houver representação nos parlamentos de pessoas excluídas, nenhum dos incluídos se propõe a defender seriamente o plano bolado por eles: plano que tem as soluções que podem tirá-los da exclusão. Os pobres e os endividados fazem muita falta aos ricos credores. Que seria dos ricos sem a existência de pobres e endividados? BLRiopaiva presidente dos sindicato dos excluídos sediado nos desertos sociais.
ISTO É...A TEORIA DA RELATIVIDADE
TIRAR AOS RICOS DA EUROPA PARA DAR AOS RICOS DE PORTUGAL.....
Subsídios: tirar aos ricos para dar aos pobres
E os pobres, chico-espertos que têm a mania de ser, vão pegar no dinheiro dos ricos e vão imitá-los construindo piscinas com area relvada à volta, com vestiários e o imprescindível bar bem apetrechado.
Comentários 10 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub