Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Vamos ter sotaque exótico. O perfil do sucessor de Jon Stewart

  • 333

É um nome inesperado - ou talvez não - para assumir o "Daily Show", mas desconhecido por cá: Trevor Noah, 31 anos, vai suceder a Jon Stewart. Nasceu de "um ato criminoso" - nem por isso, mas este texto é para ser lido descontraidamente.

Jovem, bem-parecido, sotaque exótico (é ouvi-lo AQUI) e parece que devidamente humorado. Trevor Noah nasceu a 20 de fevereiro de 1984, em Soweto, uma cidade sul-africana ao lado de Joanesburgo que tinha como principal função ser um "bairro para negros" - isto quando foi fundada nos anos 1960 e até ao fim do Apartheid. Este facto é importante para contextualizar o resto da história: o pai de Noah era suíço e branco, enquanto a sua mãe era sul-africana e negra.

Segundo as palavras do próprio, Noah nasceu de "um ato criminoso". Nos anos 1980, os negros eram proibidos de manter relacionamentos com os brancos. Isto levou a que a sua mãe passasse várias semanas na prisão, mas por uma causa nobre: o amor.

So I guess it pays to grow up under a racist, murderous system, learn six languages & add humor. Cool. #trevornoah

— Mark Fiore (@MarkFiore) 30 março 2015

Crescido no seio de uma família com duas culturas muito distintas, Noah desenvolveu um humor peculiar em torno das questões raciais. E parece resultar não só com os sul-africanos, mas também com os americanos. E talvez até resulte com os portugueses.

O percurso do futuro apresentador do Daily Show começou quando Noah tinha apenas 18 anos, com um papel na novela sul-africana "Isidingo". Depois desta rampa de lançamento, Noah passou por vários programas de rádio e muitos, mas mesmo muitos programas de entretenimento televisivo: desde as danças ao desporto.

Depois de alcançar fama, desistiu da rádio e da televisão para se focar somente na comédia. Isto é, até ao momento em que a comédia e a televisão se fundiram no seu percurso.

You know you are making waves when your success is not only in your country but another too. Well done to #TrevorNoah

— nokuthula sonile (@thuli_sunshine) 30 março 2015

Noah começou por atuar ao lado de grandes nomes da comédia do seu país, passando pelo palco ao lado de grandes profissionais internacionais, como por exemplo o canadiano Russell Peters e o australiano Dan Illic. O seu salto para o ecrã norte-americano deu-se em janeiro de 2006 no "The Tonight Show" e ainda no "Late Show" de David Letterman.

Há três anos foi o protagonista do documentário "You Laught But it's True", onde Noah confessou que se a sua aposta na comédia não resultar, não tem medo de viver "mais uma vez na pobreza".

Em dezembro do ano passado, estreou-se ao lado de Jon Stewart no papel de um correspondente sénior para "Encontrar a África", com uma nova aparição em janeiro para debater o ataque ao jornal "Charlie Hebdo" e, pela última, vez há menos de duas semanas para comentar as roupas de Boko Haram.

Neste momento, Trevor Noah encontra-se a percorrer os Estados Unidos com o seu espetáculo individual - Trevor Noah: Lost in Translation - com os bilhetes dos espetáculos esgotados. Não sabemos ao certo quando é que Noah vai assumir o comando do "Daily Show", mas estaremos por cá para ver se, afinal, ele consegue fazer-nos rir.