Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Sony desenvolve tela flexível

A Sony acaba de criar uma tela OLED com a espessura de uma fio de cabelo e que poderá substituir. não só os televisores LCD e Plasmas, mas até o próprio papel.

Bernardo Mendonça (www.expresso.pt)

O futuro parece estar cada vez mais perto do presente. E ver TV e cinema pode passar a ser feito de uma forma totalmente revolucionária.

Isto porque a Sony acaba de apresentar o seu primeiro protótipo de tela criada com a tecnologia OLED que utiliza o método de produção mais avançado do mercado. A grande vantagem das telas OLED é que elas podem ser flexíveis, o que não é possível com as tecnologias LCD e Plasma.

A nova tela apresentada pela Sony tem 4.1 polegadas, resolução de 432×240 e contraste de 1000:1. A grande novidade é a espessura da tela, que é de apenas 0.08 centímetros, um pouco mais fina que um fio de cabelo. Não será posta à venda antes de 2020, mas já daqui a uns tempos poderá ouvir a expressão: Tens aí uma TV no bolso?