Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Motorista de Sócrates passa o Natal em casa

FOTO RUI VALIDO

Nos últimos dias, João Perna foi interrogado pela segunda vez e terá colaborado com o Ministério Público.

Hugo Franco e Micael Pereira

João Perna, motorista do ex-primeiro-ministro José Sócrates, vai mesmo passar o Natal a casa. A informação foi confirmada ao Expresso pelo seu advogado, Ricardo Candeias. 

Há um mês que João Perna está preso preventivamente. Mas vai poder passar o Natal e a passagem de ano em casa, situada em Alcochete, onde ficará em prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

Nos últimos dias, João Perna foi interrogado pela segunda vez e terá colaborado com o Ministério Público. O motorista foi indiciado pelos crimes de branqueamento de capitais, fraude fiscal e posse ilegal de arma.

O juiz Carlos Alexandre concordou esta terça-feira em alterar a medida de coação aplicada ao motorista de José Sócrates.

Um relatório da Direção-geral de Reinserção e Serviços Prisionais sobre as condições para a instalação do sistema de controlo deu luz verde para o processo avançar. A residência de João Perna tem as condições necessárias para que o arguido fique em prisão domiciliária.

José Sócrates, por sua vez, vai continuar detido preventivamente no Estabelecimento Prisional de Évora. Esta terça-feira de tarde, recebeu a visita de outro dirigente do Partido Socialista, Ferro Rodrigues, o atual líder da bancada parlamentar do PS. Nos próximos dias está prevista a visita do secretário-geral do partido, António Costa, que já prometeu visitar Sócrates "durante as férias do Natal", sem revelar o dia exato.