Siga-nos

Perfil

Expresso

Lifestyle

Restaurantes saudáveis: prazer sem culpa

  • 333

Para assinalar o Dia Mundial da Alimentação, que se celebra esta sexta-feira, 16 de outubro, conheça vários restaurantes, em Lisboa e no Porto, onde o prazer convive com o equilíbrio

Ana Maria Fonseca

Numa época em que a pressa dita as regras, em que os alimentos processados ganham espaço nas prateleiras dentro e fora de casa, e em que, consequentemente, há cada vez mais intolerância a determinados alimentos, regressa-se à essência dos ingredientes, dando tempo ao tempo e saboreando, com vagar, pratos saudáveis que se integram no chamado movimento slow food. Para assinalar o Dia Mundial da Alimentação, que se celebra esta sexta-feira, 16 de outubro, o Boa Cama Boa Mesa propõe um roteiro por nove restaurantes, em Lisboa e no Porto, onde comer saudável é sinónimo de fazer hmmmmmmmmmmm!

The Cru - Organic, Raw & Healthy Food: 100% saudável

Nascido da rua – começou por ser a The Wrepe Van, a percorrer eventos e festivais –acaba de se instalar entre quatro paredes e sob o lema ‘comer para ser feliz’. O The Cru abriu portas no food court do centro comercial Oeiras Parque cortando com a tradição de fast food habitual nestes espaços: Reúne todas as tendências da alimentação saudável servindo apenas alimentos biológicos, sem glúten, sem lactose e sem açúcares adicionados, conjugados sob a orientação de uma naturopata. Pequenos-almoços ricos em fruta, açaís, sumos funcionais, granolas, bagas, sementes, “super alimentos”, sopa, vegetais, smothies, deliciosos wraps, saladas, sobremesas e snacks entre outras opções nutritivas estão disponíveis na carta. Preço médio: €10.

Oeiras Parque, Av. António Bernardo Cabral de Macedo, Oeiras. Tel. 214 460 050

Jardim dos Sentidos: vai um hambúrguer em bolo do caco?

A cozinha internacional serve de inspiração a este Jardim dos Sentidos situado em plena Avenida da Liberdade, onde não entram carne nem peixe, mas apenas cozinha saudável. Beterraba rústica com ervas e nozes (€3,80); terrina de tofu e alho francês (€3,60); Caco burguer, de seitan e legumes, acompanhado de batata-doce e manjericão e taco de chili mexicano (ambos a €9,40) são apenas algumas das muitas opções. Ao almoço, encontra, em buffet, sopa, entradas, três pratos principais, gratinados e saladas, por €8,90 (para acompanhar com chá) ou €10,60 (com sumo natural de fruta).

Rua Mãe d'Água, 3, Lisboa. Tel. 213 423 670

Miss Saigon: planeta saudável

Define-se como um espaço de "cozinha vegetariana do mundo à procura de um mundo melhor". Moderno e minimalista, o Miss Saigon persegue o sonho de um mundo melhor através do palato. A sustentabilidade e a harmonia da natureza são peças de um puzzle gastronómico que se revela numa cozinha de inspiração internacional. Na cozinha de Cláudia Salú e Paulo Almeida, mais de 80% dos ingredientes são orgânicos e provenientes da agricultura biológica. Todas as semanas a ementa muda e há dias fixos para provar especialidades: segunda-feira é o dia vietnamita e vegan, variedade que repete ao sábado. Almôndegas de soja em lemongrass, xacuti de seitan, moqueca de tofu, seitan com cogumelos shiitake e tangerina, ou zarzuela de tofu são algumas das propostas da casa. Preço médio: €11.

Rua Cais das Naus, Lote 4.01.01, Lisboa. Tel. 210 996 589

Bem-me-quer: comer às escuras

Os jantares às escuras são o prato forte do restaurante Bem-me-quer. Sentir os aromas, as texturas e os sabores através de todos os sentidos - exceto a visão - é uma experiência única, aqui numa fusão entre a cozinha saudável do Bem-me-quer e a gastronomia molecular. A refeição é servida por uma pessoa invisual numa parceria entre o Cooking.Lab e a APEDV (Associação Promotora de Emprego de Deficientes Visuais). Estes jantares sensoriais custam €40, se comprados antecipadamente, ou €50, no próprio dia. Strogonoff de seitan, crepes de espinafres com requeijão e amêndoas, souflé de rúcula e requeijão de Seia ou moussaka de beringela são alguns pratos fortes do restaurante. Preço médio: €10.

Av. Almirante Reis, 152, Lisboa. Tel. 218 476 678

Restaurante Origem: a raiz do gosto

Receitas contemporâneas elaboradas com produtos saudáveis, sempre que possível biológicos, e paladares que remetem para a origem dos sabores. Este é o conceito base do restaurante Origem – funciona no espaço Amoreiras e possui outras três cafetarias, todas na capital – que quer ser um ‘laboratório de experiências’ para quem desejar redescobrir o “verdadeiro” sabor dos alimentos. Diferente de outros espaços, além dos cereais, verduras, leguminosas e frutas, não exclui os laticínios, peixe, carne, e gordura vegetal nas suas receitas. Sopa de abóbora e maçã ou de cenoura e gengibre, rolo de legumes ou de bacalhau, polenta de espinafres e molho de cogumelos, bifinhos orientais, feijoada de legumes ou beringelas recheadas são propostas para este reencontro com o lado mais natural dos alimentos. Dispõe de menus entre €7,30 (prato ou salada e sumo natural) e €11 (sopa, prato ou salada, sumo e sobremesa).

Espaço Amoreiras, Rua Dom João V, 24, 0.02, Lisboa. Tel. 916 476 024

Stockholm Market: inovação no mercado

Criativo e saudável, o Stockholm Market abriu recentemente no Mercado de Cascais para servir refeições frescas e apetitosas sem descurar a nutrição. Taco de ceviche de salmão em vinagrete de lima, guacamole, algas e pickle de cebola roxa (€6), frasco de arenque com batata cozida, ovo e nata azeda com cebolinho, servido com shot de aquavit (€6,50), ou salada de chévre gratinado com beterraba, tomate cherry e pinhões (€6,50) são algumas das tentadoras propostas.

Mercado da Vila. Rua Padre Moisés da Silva, Cascais. Tel. 214 835 151

Em Carne Viva: Tradição reinventada

O ex-libris deste restaurante - cujo nome tem o dom de enganar os mais incautos - é o jardim, um verdadeiro oásis nas traseiras da movimentada Avenida da Boavista. Mas, à mesa também há muitas surpresas, numa abordagem sui generis que parte da cozinha tradicional portuguesa, sempre sem carne nem peixe para apresentar um saboroso vegetariano. Se é curioso na hora de provar, aconselha-se o menu de degustação entre seis (Love Portugal por €45) e nove pratos (Full Tasting, por €60). Cogumelos à Bulhão Pato (€8), risotto de espargos em champanhe (€15), trufas de alheira (€13,50),francesinha (€10) ou Tofu à lagareiro (€15,60) são bons exemplos desta fusão vegetariana. Se o jardim encanta, lá dentro, o espaço - uma romântica casa tradicional do séc. XIX - é clássico, sóbrio e elegante.

Avenida da Boavista, 868, Porto. Tel. 932 352 722

Da Terra Baixa: novidade reconhecida

Abriu recentemente na baixa do Porto, a meio da rua que desce de São Bento para a Ribeira, mas na bagagem desta viagem entre Matosinhos e o centro da Invicta leva vários anos de sucesso e casa cheia, de mil e uma formas de confecionar e apresentar comida vegetariana. A frescura dos ingredientes, as múltiplas combinações, a variedade e, principalmente o sabor fazem deste um “restaurante de culto” para os apreciadores da cozinha vegetariana e saudável. Sóbrio e luminoso, aposta num menu buffet ao almoço e ao jantar, que oferece muito sabor e variedade – três pratos quentes, diversas entradas, sopas e saladas, sumos naturais, chá ou vinho. Ao almoço o valor é de €7,50, e ao jantar, o buffet custa €9,90.

Rua de Mouzinho da Silveira, 249, Porto. Tel. 966 620 076

Pé d’Arroz: proteína verde

Depois do Da Terra ter conquistado um séquito de fãs que “obrigaram” a casa a abrir na Baixa do Porto, agora é o Pé d’Arroz a apresentar-se como uma feliz alternativa à tradição piscatória de Matosinhos. Elegante e sóbrio, opta por um menu variado com base em ingredientes frescos e saudáveis. Diariamente, de segunda-feira a domingo, o Pé d’Arroz confeciona um almoço buffet composto por sopa, couvert, pão caseiro e três pratos principais com acompanhamentos, a partir de €7. Ao jantar, o valor sobe para os €9,50. Quinoa com batata-doce e aromáticas, sushi campestre, bruscheta rústica com tapenade de azeitonas, alho francês à Braz, beringela gratinada ao queijo de cabra e seitan Wellington são alguns dos pratos que também podem ser confecionados… na sua cozinha. O restaurante oferece a interessante possibilidade de ter um chefe em casa para preparar jantares especiais.

Rua do Godinho, 866, Matosinhos. Tel. 935 681 523