Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

José Cesário. "Não há nomes portugueses entre as vítimas" do avião que caiu

  • 333

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas diz ao Expresso que não há apelidos portugueses entre as vítimas do Airbus da Germanwings. No entanto, "falta saber se havia algum passageiro com dupla nacionalidade", mas "esta possibilidade é ínfima".

"Não há nomes portugueses na lista de passageiros" do avião da Germanwings que se despenhou esta segunda-feira nos Alpes franceses com 150 pessoas a bordo. O Expresso falou com José Cesário, secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, às 20h45, que disse ainda ser "ínfima" a possibilidade de existir alguém com dupla nacionalidade [portuguesa e outra].

O gabinete do ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, e a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas (SECP) estão "em contacto permanente com as autoridades" francesas para "acompanhar os desenvolvimentos do acidente aéreo", disse ao início da tarde a assessoria de imprensa do gabinete de Rui Machete.

Numa nota de imprensa divulgada ao fim da manhã desta terça-feira, a SECP refere que o acompanhamento da situação está a ser feito "através da Embaixada de Portugal em Paris e também do Consulado Geral de Portugal em Marselha".

Um Airbus A320 da companhia low cost Germanwings, com 150 pessoas a bordo (incluindo os dois pilotos e quatro assistentes), despenhou-se esta terça-feira de manhã na zona dos Alpes franceses.

Entre as vítimas estão 45 passageiros com apelidos espanhóis, 67 alemães (incluindo 16 alunos e quatro professores de uma escola germânica) e um número por enquanto não especificado de franceses e turcos.