Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Guterres e Fernando Gomes foram visitar Sócrates

Antigo primeiro-ministro e o autarca do Porto foram dar um abraço de solidariedade ao camarada socialista detido no estabelecimento prisional de Évora.

Fernando Gomes e António Guterres foram esta quinta-feira de tarde duas das pessoas que se deslocaram a Évora para visitar José Sócrates.

O antigo presidente da Câmara do Porto entrou primeiro e à saída disse aos jornalistas que o encontrou "muito bem" e "determinado". "Eu vim para o animar e no final foi ele quem me animou", confessou à saída, salientando ter-se tratado de um encontro "muito emotivo".

Já Guterres, antigo primeiro-ministro e atual Alto Comissário da ONU para os refugiados, e que entrou muito perto do horário de fecho das visitas aos detidos, foi muito parco nas suas declarações, limitando-se a dizer, às várias perguntas dos jornalistas, que Sócrates estava "muito bem".

José Sócrates está detido preventivamente desde 24 de novembro, por ordem do juiz Carlos Alexandre, indiciado dos crimes de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal qualificada num processo que envolve outros arguidos, incluindo o empresário e seu amigo de longa data Carlos Santos Silva, bem como o seu motorista, ambos detidos preventivamente.