Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Greve no Metro de Lisboa adiada uma semana, Carris mantém o que estava previsto

  • 333

FOTO TIAGO MIRANDA

Sexta-feira já não deverá ser tão caótica na capital. Saiba o que muda e porquê.

Chrstiana Martins

A greve do Metropolitano de Lisboa marcada para esta sexta-feira foi desconvocada e a data alterada para o dia 17 de abril, a sexta-feira seguinte. A Carris não acompanhará a decisão e mantém a data.

As estruturas sindicais do Metro decidiram suspender a greve devido à imposição de serviços mínimos, que, segundo os sindicatos, colocaria em risco a segurança dos passageiros e dos funcionários.

"Somos organizações responsáveis e não colocamos em risco a segurança dos passageiros nem dos trabalhadores. Teremos nova jornada de luta no dia 17 de abril", explicou ao Expresso a porta-voz das estruturas sindicais. A greve de 24 horas da Carris mantém-se esta sexta-feira.

A expetativa era de uma situação confusa no trânsito da capital, receios que poderão acabar por ser infundados.