Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Fenprof convoca greve para o dia da prova de avaliação de professores

A prova de avaliação de capacidades e conhecimentos é condição para acesso à profissão

Rui Duarte Silva

Sindicatos consideram que a prova, marcada para dia 19, é "uma praxe injustificável".

A Fenprof e outras seis organizações sindicais apresentaram esta terça-feira um pré-aviso de greve para dia 19 de dezembro, "visando todo o serviço da PACC", a prova de avaliação docente.

"Em coerência com a apreciação feita sobre o mecanismo - uma praxe injustificável a que o Ministério da Educação e Ciência continua a querer submeter os docentes e a profissão -, é apresentado um pré-aviso de greve conjunto, incidindo sobre todas as atividades que tenham que ver com a imposição em que o MEC/Governo insiste", refere a Federação Nacional dos Professores (Fenprof) em comunicado.

A prova de avaliação de capacidades e conhecimentos (PACC) destina-se a todos os professores contratados com menos de cinco anos de serviço e é condição para acesso à profissão.

Fenprof, Associação Sindical de Professores Licenciados (ASPL), Sindicato dos Educadores e Professores Licenciados pelas Escolas Superiores de Educação e Universidades (SEPLEU), Sindicato Nacional dos Profissionais da Educação (SINAPE), Sindicato Independente de Professores e Educadores (SIPE), Sindicato dos Educadores e Professores do Ensino Básico (SIPPEB) e Sindicato Nacional dos Professores Licenciados pelos Politécnicos e Universidades (SPLIU) são as sete organizações sindicais que entregaram o pré-aviso de greve e "mantêm a luta contra a abjeta prova de avaliação de conhecimentos e capacidades (PACC), que o MEC quer reeditar no próximo dia 19 de dezembro".