Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Da tasca portuguesa em Londres para o exército no Estado Islâmico

Até há um ano, Edgar, Celso, Patrício, Fábio e Sandro partilhavam um apartamento em Leyton, na zona este de Londres, a poucos quarteirões de distância do Café Cascais, a tasca portuguesa que frequentavam. Um a um foram desaparecendo de circulação, um a um foram partindo para a Síria, um a um aliaram-se ao Estado Islâmico. O Expresso viajou até ao bairro londrino onde viviam - e descobriu como tudo começou. Este é o trailer da reportagem multimédia "Matar e Morrer por Alá: Cinco Portugueses no Estado Islâmico".

PARA VER A REPORTAGEM MULTIMÉDIA NA ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI