Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Coca-cola muda de cara, mas só em Espanha

  • 333

Em Espanha, as latas de Coca-Cola vão ficar assim

Coca-Cola

O objetivo da marca mais valiosa do mundo é reforçar a identidade do produto e torná-lo mais visível nos supermercados, mas é certo que as novas embalagens vão atrair a atenção dos colecionadores.

O vermelho está de volta e em força. A Coca-Cola escolheu a Península Ibérica para recuperar a cor que durante anos foi a sua principal marca e estendeu-a a todos os produtos da gama - deixando apenas uma pequena margem, no fundo das latas e garrafas, para os distinguir.

O objetivo é reforçar a identidade do produto e torná-lo mais visível nos supermercados, mas é certo que as novas embalagens vão atrair a atenção dos colecionadores.

Para já, contudo, a mudança ocorrerá apenas em Espanha, o que significa que será necessário fazer alguns quilómetros para ter na mão as novas latas e garrafas. "Nesta fase não há qualquer informação sobre mudanças no mercado português", referiu ao Expresso fonte da empresa.

Apesar de os mercados português e espanhol estarem integrados num único departamento, com sede em Madrid, as novidades, pelo menos para já, limitar-se-ão a Espanha. Ao todo, serão distribuídas quase três milhões de unidades entre março e dezembro, com o objetivo de alcançar 97% da população.

"O nosso objetivo é crescer de forma sustentada e esta estratégia é uma prova disso", referiu o diretor-geral da empresa para o mercado ibérico, Jorge Garduno, que aproveitou a cerimónia de lançamento para revelar também que a estratégia de comunicação passará a ser integrada. Ou seja, em vez de anúncios para cada marca, haverá uma mensagem comum de modo a "estender os valores icónicos da Coca-Cola original a todos as suas variedades".

O gigante norte-americano, que vende uma média de 21 unidades por segundo em todo o mundo, celebra este anos os 100 anos da garrafa Contour - a icónica embalagem que é conhecida em todo o mundo e que inspirou trabalhos de artistas como Andy Warhol.  A Coca-Cola é considerada a marca mais valiosa do mundo  e mais famosa também, sendo reconhecida por 94% da população mundial.

O mercado espanhol, por seu lado, é considerado um dos mais importantes na Europa - apesar de o volume de vendas ter abrandado e de terem sido encerrados quatro fábricas de engarrafamento. Por outro lado, o atual "chief marketing officer" da empresa a nível mundial é o espanhol Marcos de Quinto.