Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Atenção ao frio. Temperaturas mínimas vão descer 5 a 6 graus até 6ª feira

A partir de terça-feira e pelo menos durante quatro dias, uma massa de ar polar vai marcar o tempo em Portugal

Rui Duarte Silva

Foi-se a chuva e vem aí o frio. Massa de ar polar vai causar temperaturas negativas na sexta-feira.

As temperaturas mínimas vão descer gradualmente. a partir desta segunda-feira, cinco a seis graus Celsius nas regiões do norte e centro de Portugal continental, devido à passagem de uma massa de ar frio polar.

"Estamos sob a ação de uma massa de ar nitidamente mais fria do que nos últimos dias. As temperaturas mínimas já desceram um pouco, mas a partir de amanhã [terça-feira] vamos ter a instalação de uma massa de ar nitidamente polar transportada na circulação de um anticiclone no Atlântico", adianta a meteorologista Maria João Frada, citada pela Lusa.



De acordo com a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a massa de ar frio vai provocar uma descida das temperaturas, nomeadamente das mínimas, até sexta-feira, o dia em que deverão estar mais baixas. "Na sexta-feira vamos ter valores de temperatura mínima em especial nas regiões do norte e centro na casa dos zero graus Celsius ou de um, dois ou três negativos", adianta.



Maria João Frada salientou que na região sul as temperaturas mínimas vão ser positivas, devendo variar entre um e cinco graus. Na região do Porto as mínimas vão rondar os três graus e em Lisboa cinco ou seis graus, precisa a meteorologista.



"Esta massa de ar polar vai também trazer formação de geada nas regiões do interior norte e centro e neblinas ou nevoeiros e aguaceiros fracos, que serão de neve nas terras altas", acrescenta. Maria João Frada adianta ainda que esta tarde e até ao meio da manhã de terça-feira, está previsto vento forte com tendência a enfraquecer, tornando-se em geral fraco.