Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Segurança apertada e múltiplos controlos para ver e ouvir Barack Obama

A rua Passos Manuel, no Porto, encontra-se cortada ao trânsito no dia em que se realiza no Coliseu do Porto a conferência em que participa Barack Obama

JOSÉ COELHO/LUSA

A visita do ex-Presidente dos EUA vai mobilizar 700 polícias de todas as valências da PSP e o trânsito na Rua Passos Manuel foi encerrado da meia-noite até às 20 horas desta sexta-feira. Jornalistas e os 2200 participantes na Climate Change Leadership Porto Summit 2018 estão sujeitos a quatro controlos de segurança antes de aceder ao seu lugar no Coliseu, palco da conferência

O Comando Metropolitano da PSP do Porto montou uma operação de segurança semelhante à do jogo inaugural do Euro 2004, no Estádio do Dragão. Para a visita relâmpago do ex-chefe de Estado americano, que aterra no Aeroporto Francisco Sá Carneiro às 13h, uma hora antes da sua intervenção no Coliseu sobre os desafios ambientais e alterações climáticas, foram mobilizados 700 agentes, carros-patrulha, pelotões operacionais, equipas de Intervenção Rápida, da Divisão de Trânsito, do Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade e de Prevenção e Reação Imediata, avança em comunicado a PSP.

No terreno, estarão ainda agentes da Divisão de Investigação Criminal e da Unidade Especial de Polícia, não escapando às apertadas malhas de segurança os 2200 convidados, conferencista e e jornalistas. Esta manhã e durante todo o dia a garagem de Passos Manuel, em frente ao Coliseu do Porto, foi transformada em ponto de controlo e de acreditações após espera numa longa fila. Depois de atravessar a rua cortada ao trânsito e rodeada de barreiras para circunscrever a passagem de transeuntes alheios ao evento, os convidados são de novo sujeitos a apertado controlo, semelhante ao dos aeroportos. Um terceiro controlo é ainda efetuado antes de os participantes acederem aos seus lugares.

Esta manhã, a quatro horas da chegada da comitiva de Barack Obama à Baixa do Porto, já eram alguns os curiosos a assistir das janelas e varandas ao aparatoso acontecimento, co-organizado pela The Fladgate Partnership.

  • Obama está no Porto em nome do ambiente mas fica a dormir em Madrid

    Há um ano, Adrian Bridge, presidente executivo do grupo The Fladegate Partnership, quis medir a pegada de carbono da sua empresa. “Foi muito difícil”, diz. E foi assim que nasceu a Climate Change Leadership Porto Summit, que leva esta sexta-feira ao Porto o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama

  • Obama vem sexta-feira ao Porto e tem lesados do BES à espera

    Dizem que foram "burlados e vigarizados com informação continuamente falsa" do antigo BES e prometem manifestar-se no Porto esta sexta-feira, data em que o antigo Presidente norte-americano Barack Obama participa numa conferência sobre alterações climáticas

  • Barack Obama ao vivo no Coliseu do Porto, em cera no Palácio da Bolsa e Sea Life

    Figura de cera do ex-Presidente dos EUA será deslocalizada do museu londrino Madame Tussauds para a Invicta a partir desta quarta-feira. Durante dois dias a replica de Obama estará patente ao público no Palácio da Bolsa e de 1 a 15 de julho no Sea Life. A 6 de julho, ao vivo, será o orador principal da cimeira Climate Change Leadership Porto Summit 2018, no Coliseu