Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Há mais três arguidos nos incêndios de Pedrógão Grande

Marcos Borga

Estão todos ligados à Ascendi, concessionária da estrada onde morreram 47 pessoas

A Procuradoria da Comarca de Leiria anunciou esta sexta-feira que aumentou para 16 o número de arguidos no inquérito que investiga os incêndios de junho de 2017 em Pedrógão Grande, norte do distrito de Leiria, que provocaram 66 mortos.

Os três novos arguidos estão ligados à concessionária Ascendi. Em causa está a limpeza das faixas de segurança da EN236-1. Já tinham sido constituídos arguidos outros dois colaboradores da empresa.

"No âmbito do inquérito onde se investigam as circunstâncias que rodearam os incêndios de Pedrógão Grande, foram constituídos mais três arguidos. Assim, o processo tem, neste momento, 16 arguidos, todos pessoas singulares", refere a informação da Procuradoria esta sexta-feira publicada no seu sítio na Internet.

A mesma nota reafirma que neste inquérito, dirigido pelo Ministério Público do Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria, "estão em causa factos suscetíveis de integrarem os crimes de homicídio por negligência e ofensas corporais por negligência".

[Notícia atualizada às 10h30]