Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Hell's Angels anunciam concentração em Lisboa dois meses após episódios de violência. Autoridades atentas

Grupo de motards anunciou uma festa para este sábado à tarde no Padrão dos Descobrimentos e no Beato. Autoridades estão atentas para que não haja distúrbios. Há dois meses, membros dos Hell′s Angels invadiram um restaurante em Loures e feriram seis motards rivais

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Esta terça-feira, o grupo Hell′s Angels anunciou nas redes sociais uma festa na zona ribeirinha em Lisboa, que se inicia no próximo sábado à tarde no Padrão dos Descobrimentos e termina num restaurante junto ao Convento do Beato. “Todas as motas são permitidas”, pode ler-se numa página do Facebook conotada com estes motards. Haverá até ações de caridade.

A importância da iniciativa tem a ver com o facto de ser a primeira concentração desde os incidentes registados há dois meses no restaurante Brasa do Prior, em Loures. Nessa altura, mais de vinte elementos dos Hell′s Angels invadiram o estabelecimento e, munidos de facas, paus e barras de ferro, agrediram seis membros do grupo rival, Los Bandidos, que aí confraternizavam. Os confrontos tiveram lugar há quase dois meses mas ainda deixam marcas.

Na altura, os agressores desapareceram de circulação, mas têm sido alvo da atenção da PJ, SIS e PSP, que já conhecem a sua identidade, apesar de terem agido de cara tapada.

Uma fonte próxima dos Hell's Angels, grupo que surgiu em Portugal em 2002, garante ao Expresso que, apesar dos episódios de violência recente, a concentração deste fim de semana promete ser pacífica: “Não podemos confundir a parte pelo todo. Há bons e maus elementos em todas as organizações.”

Cartaz do evento que promete reunir centenas de motards na zona ribeirinha de Lisboa

Cartaz do evento que promete reunir centenas de motards na zona ribeirinha de Lisboa

Rituais ao estilo maçónico

Poucas horas após as cenas de violência no Brasa do Prior, Mário Machado, antigo dirigente da Frente Nacional (movimento da extrema-direita) e padrinho em Portugal dos Bandidos — que se encontravam reunidos naquele restaurante para abrirem uma sucursal na Grande Lisboa — prometeu represálias. Mas fontes ouvidas pelo Expresso não consideram provável que os arquirrivais dos Hell′s Angels aproveitem esta National Open Season Run & Party na capital para retaliar. “Poderá haver um ou outro ataque mais cobarde a elementos dos Hell′s isolados. Em grupo seria suicídio. Os Bandidos são um pequeno grupo emergente, só”, garante fonte da PSP.

Sobre a festa motard em Lisboa, a primeira do género deste grupo na capital portuguesa, o mesmo responsável explica que marca o início das atividades dos Angels em 2018. A última concentração do género realizou-se há cerca de dois anos no Porto. “Não parece nada de inusitado. A única curiosidade é o cerimonial que encerra de empossamento de líderes, quase ao estilo maçónico”, ressalva.

Em todo o caso, a PSP, que já terá tido pelo menos uma reunião preparatória com pessoas do grupo, vai estar a acompanhar o percurso dos motards naquela zona de Lisboa, para evitar distúrbios ou possíveis confrontos.

Segundo o Expresso apurou, para a realização da festa será necessário ainda o aval da Câmara Municipal de Lisboa. Não foi no entanto possível saber se haverá luz verde, uma vez que o assessor de comunicação da autarquia não respondeu a estas dúvidas até ao fecho da edição. Já o dono do restaurante do Beato onde irá decorrer a segunda parte do encontro confirmou a realização “de uma festa de motards” naquele espaço durante “três ou quatro horas”. Garante no entanto que desconhecia tratar-se dos Hell′s Angels: “Espero que não haja qualquer tipo de conotação com o nosso restaurante.”