Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

O saco azul da Operação Marquês

A acusação da Operação Marquês diz que o Grupo Espírito Santo pagou quase 100 milhões de euros de luvas por causa de negócios relacionados com a PT. A maior fatia terá sido entregue a José Sócrates, mas os investigadores acreditam que também Zeinal Bava e Henrique Granadeiro receberam subornos de Ricardo Salgado. O dinheiro terá saído de uma empresa fantasma, chamada ES Enterprises, que escapou sempre ao controlo do Banco de Portugal. É o que explica este excerto da Grande Reportagem "Oui, Monsieur - O Saco Azul do Marquês"

SIC