Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Fábrica e equipamentos da Triumph vão a leilão por 5,7 milhões de euros

NUNO FOX / Lusa

Fábrica de Sacavém fechou em janeiro, levando ao despedimento coletivo de quase 500 trabalhadores, maioritariamente mulheres

As instalações, a frota e os equipamentos da antiga fábrica de roupa interior Triumph, que está insolvente, vão ser leiloados no início de maio, com um preço base de 5,7 milhões de euros.

A fábrica que a empresa alemã Triumph possuía em Sacavém (Loures) foi comprada em 2016 pela sociedade portuguesa de capital suíço Têxtil Gramax Internacional (TGI), que foi declarada insolvente em janeiro deste ano, levando ao encerramento daquela unidade e ao despedimento coletivo de quase 500 trabalhadores, maioritariamente mulheres.

No dia 03 de maio, a unidade fabril, assim como o recheio e a frota, vão a leilão público, sendo o valor base de licitação de 5,7 milhões de euros, segundo refere o catálogo da leiloeira LC Premium, responsável por esta venda.

Em janeiro, depois de tomarem conhecimento de que a administração tinha dado início a um processo de insolvência, as trabalhadoras da Triumph iniciaram uma vigília de 20 dias à porta da fábrica.