Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

“Um acordo só de palavras não chega!”, diz Sindicato Independente Nacional dos Ferroviários

O Sindicato Independente Nacional dos Ferroviários (SINFB) acusa o governo de romper com o acordo assumido sábado, no encontro no Ministério do Planeamento e das Infraestruturas que contou com os representantes do Governo, da Infraestruturas de Portugal e com os sindicatos

O acordo previa um aumento de “20 euros durante 11 meses e 25 euros no último mês, sendo este valor a integrar a tabela salarial em janeiro próximo, mas pago durante 14 meses”.

À SIC, António Pereira do Sindicato Independente Nacional dos Ferroviários confirmou que o Governo “à última hora roeu a corda porque não quis passar o acordo para o papel.”