Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Governo financia 14 colégios de grupo acusado de corrupção

O Colégio Rainha D. Leonor, nas Caldas da Rainha, é apoiado desde 2005

nuno fox

Contratos de associação entre colégios e Ministério da Educação asseguram o ensino em zonas onde não há oferta pública suficiente. Falta de alternativa condiciona opções

Dos 75 colégios que têm neste momento um contrato de associação, 14 são detidos pelo grupo GPS, cujos principais administradores foram acusados pelo Ministério Público de corrupção, peculato, falsificação de documento agravada, burla qualificada e abuso de confiança.

Sete destes 14 colégios têm apenas contratos de continuidade, ou seja, continuam a existir apenas para garantir a conclusão dos ciclos de estudo aos alunos que os frequentam. Mas os restantes sete dizem respeito à celebração de contratos iniciados no presente ano letivo e que se prolongam até 2020.

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI