Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Sarampo. Caso suspeito leva Hospital de Braga a vacinar profissionais de saúde

Foto Robyn Beck/AFP/Getty Images

Um caso provável de sarampo, notificado, “mas ainda não confirmado laboratorialmente” levou o hospital a tomar “medidas de contingência”. A vacinação dos seus profissionais é uma delas

A notificação de um caso provável de sarampo - a paciente é uma médica - levou o Hospital de Braga “a tomar medidas de contingência em coordenação com as autoridades de Saúde Pública, para aplicação de ações preventivas”. Entre essas medidas inclui-se “a vacinação de profissionais do Hospital”, confirmou ao Expresso a administração desta unidade de saúde.

A suspeita não foi ainda confirmada laboratorialmente, adiantou também o Hospital de Braga, mas ao que o Expresso apurou, médicos, enfermeiros e auxiliares estão a ser contactados durante o fim de semana, para que amanhã, segunda-feira, sejam vacinados 200 trabalhadores.

O caso suspeito é o de uma médica anestesista, que regressou com sinais da doença, depois de ter uma deslocação profisional ao Algarve.

Também os passageiros do voo em que esta médica regressou ao Porto estão a ser contactados, para saber se estão vacinados ou se precisam de ser.