Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Papa Francisco nomeia D. Manuel Linda bispo do Porto

Bispo das Forças Armadas e Segurança foi esta quinta-feira nomeado sucessor de D. António Francisco dos Santos, falecido em setembro. D. Manuel Linda, de 61 anos, tem por lema episcopal “Sede alegres na esperança”

O Papa Francisco nomeou esta quinta-feira D. Manuel Linda, de 61 anos, como novo bispo do Porto, anunciou a Nunciatura Apostólica (embaixada da Santa Sé), em comunicado enviado à Agência ECCLESIA. O prelado, até agora responsável pelo Ordinariato Castrense, as comunidades católicas das Forças Armadas e de Segurança, sucede no cargo a D. António Francisco dos Santos, falecido a 11 de setembro de 2017, aos 69 anos, na Casa Episcopal da Diocese do Porto, vítima de um problema cardíaco.

D. António Bessa Taipa, bispo auxiliar desde 1999, assumiu desde o falecimento do anterior bispo do Porto, as funções de administrador diocesano. O novo bispo do Porto nasceu a 15 de abril de 1956 em Paus, no concelho de Resende, onde frequentou o Seminário Menor local. Mais tarde, foi para o Seminário Maior de Lamego, tendo sido ainda aluno no Instituto de Ciências Humanas e Teológicas do Porto, antes de ser ordenado padre a 10 de junho de 1981, na Diocese de Vila Real.

“Sede Alegres na esperança”

O lema episcopal de D. Manuel Linda é “Sede alegres na esperança”, refere em comunicado a ECCLESIA, agência que traça o percurso detalhado do novo bispo que, na Conferência Episcopal Portuguesa, preside à Comissão Episcopal da Missão e Nova Evangelização e é vogal da comissão para a Pastoral Social e Mobilidade Humana.

D. Manuel Linda tinha sido nomeado pelo Papa Francisco como ordinário castrense em Portugal a 10 de outubro de 2013, sucedendo então a D. Januário Torgal Ferreira, que resignou por limite de idade. Antes, fora nomeado auxiliar da Arquidiocese de Braga, a 27 de junho de 2009, pelo Papa Bento XVI; a ordenação episcopal aconteceu na Catedral de Vila Real, a 20 de setembro do mesmo ano, numa cerimónia presidida por D. Joaquim Gonçalves, então bispo da diocese transmontana.

Ao longo de 19 anos, assumiu a missão de reitor do Seminário de Vila Real e de vigário episcopal para a Cultura, tendo sido coordenador diocesano da pastoral e membro dos Conselhos Presbiteral, Pastoral e de Consultores. Licenciado em Humanidades, pela Faculdade de Filosofia de Braga da Universidade Católica Portuguesa (1987), e em Teologia, pela Faculdade de Teologia (Porto) da mesma Universidade (1988), D. Manuel Linda obteve a licenciatura canónica (estudos de segundo grau, equivalente ao Mestrado) em Teologia, pela Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma (1991), e o doutoramento em Teologia, especialidade de Teologia Moral, pela Universidad Pontifícia Comillas, em Madrid (1998), com a tese ‘Andragogia política em D. António Ferreira Gomes’, bispo do Porto.

D. Manuel Linda foi docente na Universidade Católica Portuguesa e colaborou com o Instituto Superior Miguel Torga/Escola Superior de Altos Estudos (Coimbra), a Universidade do Minho e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; é membro fundador do Centro de Estudos do Pensamento Português (UCP – Porto).

O novo bispo interveio recentemente nas Jornadas de Teologia da Universidade Católica, no Porto (29 de janeiro a 1 de fevereiro), sublinhando as “dificuldades de subsistência de alguns organismos sociocaritativos da Igreja”, defendendo que as novas formas de carência atuais “reclamam formas de intervenção inovadoras”.