Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

DGS confirma surto de sarampo na região Norte

MUJAHID SAFODIEN/ Getty images

Hospital de Santo António, no Porto, reportou à Direção-Geral da Saúde 32 casos suspeitos de sarampo, oito dos quais já confirmados, todos funcionários da instituição. Três doentes estão internados, um dos quais em situação clínica instável

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

DGS confirma que até às 21 horas de quarta-feira o Hospital de Santo António reportou 32 casos suspeitos de sarampo, todos de pacientes com relação laboral à unidade de saúde, situação que configura a existência de um surto do vírus altamente infecioso na região Norte. Oito dos casos já foram laboratorialmente testados no Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, cinco dos quais confirmados como sarampo.

Apesar de apenas três pacientes se encontrarem internados – um dos quais em situação clínica instável –, está em curso uma investigação epidemiológica, “que inclui investigação laboratorial de todos os casos” com sintomas do vírus. A DGS e a rede de Autoridades de Saúde, em colaboração com o Instituto Ricardo Jorge e com os profissionais de saúde, estão a acompanhar a evolução da situação de acordo com o previsto de Contigência.

Em comunicado, a DGS recomenda os portugueses a verificarem o boletim de vacinas e vacinarem-se, se não estiverem protegidos. “Em pessoas vacinadas a doença pode, eventualmente, surgir, mas com um quadro clínico mais ligeiro e menos contagioso”, refere a DGS, alertando que o sarampo é das doenças mais contagiosas e pode provocar doença grave, sobretudo em pessoas não vacinadas.

A DGS aconselha ainda a ligar para o SNS 24, através do 808 24 24 24, se apresentar sintomas de febre, erupção cutânea, conjuntivite, congestão nasal e tosse, e avisa para não se deslocar e a evitar o contacto com outras pessoas.