Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Meia Maratona. Trânsito condicionado em Lisboa

OZAN KOSE/ Getty Images

A prova de atletismo da capital, este ano marcada pelas alterações no local de partida — em vez da Ponte 25 de Abril, os atletas vão partir de Sete Rios —, obrigou a alterações no trânsito em Lisboa. Há itinerários fechados e zonas com acesso limitado

O trânsito está condicionado até às 16 horas deste domingo, em várias zonas de Lisboa, devido à realização da Meia Maratona de Lisboa, informou a Polícia de Segurança Pública (PSP). Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) precisou os vários "condicionamentos ao trânsito em artérias da cidade de Lisboa, incluindo [o] IP7".

O Eixo Norte-Sul está fechado ao trânsito no sentido Sul/Norte, à saída da ponte, assim como os acessos da Avenida de Ceuta, Radial de Benfica e Campolide. No sentido Norte/Sul, o corte ao trânsito no IP7 acontece pelas 09h45, hora a que ficam fechados os restantes acessos. A partir das 09h15 fica sem circulação automóvel o acesso da saída da Ponte 25 de Abril para Alcântara e, meia hora depois, encerra a ponte até às 12h, no sentido Sul/Norte, ou seja, do lado de Almada.

"Fica sempre liberto o acesso à Ponte 25 de Abril para os utentes vindos da A4 e das Amoreiras, os quais, no IP7, ficam reduzidos a uma via de trânsito até ao início do tabuleiro da Ponte".Outros locais encerrados, a partir das 09h15, são a Avenida de Ceuta-Rua Oliveira Minguens, a Praça do Império, com exceção dos elétricos, os acessos à Avenida 24 de Julho, o Cais do Sodré e Campo das Cebolas. A zona de Algés/Marginal, desde o Alto da Boa Viagem, estará sem trânsito até às 16h.

A partida para a Meia Maratona está marcada para as 10h30, em Sete Rios, onde os acessos deverão estar fechados até depois das 11h. A organização da prova anunciou no sábado que a Meia Maratona de Lisboa não vai partir da Ponte 25 de Abril devido ao mau tempo e por razões de segurança. A chuva intensa e os fortes ventos que estão previstos para este domingo forçaram a organização a mudar o local de partida da praça de portagens da Ponte 25 de Abril, em Almada, para o eixo rodoviário Norte-Sul — que será fechado ao trânsito —, na zona de Sete Rios, em frente ao Jardim Zoológico, já em Lisboa.

Os participantes desta meia maratona de Lisboa, que atingiu 35.000 inscritos (seis mil dos quais estrangeiros), percorrerão parte do eixo Norte-Sul em direção à Ponte 25 de Abril até à saída para Alcântara, seguindo depois pelo trajeto previsto na zona ribeirinha de Lisboa. A prova de elite não será afetada por qualquer alteração, pois tem local de partida em Algés, no concelho de Oeiras.