Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Personalidades querem comissão especial para a floresta na AR

FOTO NUNO BOTELHO

Grupo informal que junta pessoas ligadas à floresta, ao ambiente e à literatura, exige "mais transparência" e "participação informada"

Carla Tomás

Carla Tomás

Jornalista

Duas dezenas de personalidades nacionais juntaram-se para pedir à Assembleia da República que crie uma comissão permanente dedicada às questões da floresta e do ordenamento do território. A proposta, entregue na quinta-feira na AR, defende que a futura comissão deve ter “o apoio de um grupo de especialistas independentes” para organizar e divulgar a informação dispersa sobre o que se está a fazer nesta área. Também caberá à comissão a análise e a emissão de pareceres sobre relatórios técnicos e medidas políticas.

“É confrangedora a falta de informação organizada e consistente sobre as medidas que vão sendo tomadas pelo Governo relativamente a apoios, políticas florestais, ordenamento do território e proteção civil, sendo ainda mais escasso o conhecimento no que respeita à efetiva concretização dessas medidas”, lê-se no documento assinado por António Barreto, António Salgueiro, Domingos Xavier Viegas, Eduardo Rêgo, Eugénio Sequeira, Faustino Ferreira, Fernando Nunes da Silva, Filipe Duarte Santos, Francisco Castro Rêgo, Francisco Cordovil, Gonçalo Castel'Branco, José Viriato Soromenho Marques, Lídia Jorge, Luísa Costa Gomes, Luísa Schmidt, Maria de Fátima Ferreiro, Marina Costa Lobo, Nádia Piazza, Pedro Bingre do Amaral, Rita Castel'Branco, Rui Alves e Teresa Andresen.

Com esta proposta consideram que é dada resposta “à crescente exigência de transparência e participação informada que se faz sentir na sociedade civil”. Entre a informação que consideram dever ser disponibilizada e analisada incluem as respostas às consequências dos incêndios de 2017, as medidas políticas adotadas para a defesa da floresta contra incêndios na sequência das recomendações das comissões técnicas independentes, as recomendações da própria AR, a divulgação de iniciativas da sociedade civil e dados sobre as atividades de entidades ligadas à gestão florestal e de organizações não governamentais.