Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

SNS nunca fez, recebeu e ficou a dever tanto

MIGUEL A. LOPES / Lusa

Prestação de cuidados abriu portas mas demora-se mais a entrar. Verbas e dívidas aumentaram, e o cerco ao ministro também

Adalberto Campos Fernandes é criticado por estar cativo das Finanças e ser "uma espécie de meio ministro", mas uma análise ao Serviço Nacional de Saúde revela que o acesso é agora maior. O problema é que a espera e o buraco nas contas também são maiores.

Leia mais na edição do Expresso deste sábado