Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Incêndio destrói um pavilhão da fábrica da Nexx na Anadia

Incêndio na fábrica da Nexx no concelho da Anadia

Jornal da Bairrada

Alerta do fogo na fábrica de capacetes Nexx foi dado às 15h e várias corporações de bombeiros estiveram no local, segundo fonte dos bombeiros locais. Um dos módulos de produção da fábrica ficou destruído

Um incêndio consumiu parte das instalações da fábrica da Nexx, que produz capacetes, e que se localiza em Amoreira da Gândara, no concelho da Anadia, distrito de Aveiro. O alerta do fogo foi dado às 15 horas, segundo confirmou ao Expresso fonte dos Bombeiros Voluntários da Anadia, e um dos módulos de produção da fábrica foi destruído.

A mesma fonte não tem ainda qualquer outra indicação sobre a origem do incêndio ou se a fábrica estava a funcionar este sábado. Para além dos bombeiros da Anadia, estiveram presentes no local bombeiros de outras corporações. Segundo a Proteção Civil, às 17h15 estavam destacados 58 operacionais e 19 meios terrestres.

O combate às chamas está a ser dificultado pelo facto de a matéria-prima utilizada pela Nexxpro ser altamente inflamável (resinas, plásticos, fibras), o que terá provocado "uma grande carga térmica", de acordo com a informação dos bombeiros prestada à Lusa.

As fotografias publicadas na página de Facebook do "Jornal da Bairrada" mostram a intervenção dos bombeiros e a destruição das instalações da fábrica.

A presidente da Câmara de Anadia, Teresa Cardoso, que se deslocou ao local do incêndio, disse à Lusa que "ainda é cedo" para saber se a Nexxpro está em condições para retomar a produção a curto prazo, o que poderá deixar em risco 150 posto de trabalho. "O dono da fábrica [o empresário Hélder Loureiro] está a tentar avaliar se é possível recuperar algum equipamento", explicou a autarca. Teresa Cardoso aproveitou para deixar uma palavra de "solidariedade e incentivo" aos trabalhadores e proprietários da empresa.

Fundada em 2001, a Nexxpro produz capacetes e acessórios para motociclismo,tendo sido a primeira empresa em Portugal a usar tecnologia para a produção de capacetes em fibra. Um dos seus produtos de maior sucesso é um capacete para motas forrado em ganga (denim).

Ao longo dos anos, a Nexxpro desenvolveu parcerias com diversas marcas internacionais, como a Hugo Boss e a Swarovski, tendo iniciado em 2015 uma participação na alta competição, com a entrada no Mundial FIM de Superbikes. Atualmente, a marca é representada em 56 países espalhados pelo mundo "com perspetivas de a curto prazo estender a sua representação a novos mercados".

texto atualizado às 18h10