Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Tondela: balanço do incêndio aponta para 8 mortos e 38 feridos

NUNO ANDRÉ FERREIRA\LUSA

Governo está no terreno, Presidente da República chega ao final da manhã à associação recreativa de Vila Nova da Rainha onde este sábado à noite deflagrou um incêndio

Margarida Mota

Jornalista

O incêndio na Associação Recreativa, Cultural e Humanitária de Vila Nova da Rainha, concelho de Tondela, que deflagrou no sábado à noite, provocou oito mortos e 38 feridos, segundo o balanço do Ministério da Saúde, divulgado pela hora de almoço.

Segundo a agência Lusa, que citou os dados do ministério da saúde, 29 dos feridos estavam internados em hospitais. Treze ficaram em Viseu e 16 foram recebidos por hospitais de outras cidades: cinco em Coimbra, seis no Porto e cinco em Lisboa.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, desloca-se este domingo a Vila Nova da Rainha, onde deverá chegar ao fim da manhã, “depois de terminada a fase crítica da operação de socorro”, informou a presidência da República.

Em comunicado divulgado no seu sítio na Internet, o Governo disse que “está a acompanhar no terreno as consequências do incêndio” e assegura que “todos os meios necessários foram imediatamente disponibilizados e acionados”.

As causas do sinistro estão ainda por apurar. Pensa-se que o incêndio possa ter tido origem numa salamandra localizada no primeiro andar do edifício, onde decorria um torneio de sueca e onde estariam mais de 60 pessoas.

No andar de baixo, onde se assistia, pela televisão, ao jogo de futebol entre o Braga e o Benfica, uma porta trancada encurralou dezenas de pessoas, em pânico, dentro do edifício.

Texto atualizado às 18h28m, com os dados fornecidos pelo ministério da Saúde