Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Pescador ferido depois de embarcação ter sido abalroada pela Polícia Marítima

Pedro Nunes/Lusa

A Polícia Marítima perseguia outra embarcação que estava a pescar ilegalmente quando ocorreu o acidente. O tripulante acabou por ser encaminhado de urgência para o Hospital de Faro

Um pescador ficou esta sexta-feira ferido com gravidade depois de a Polícia Marítima de Faro ter abalroado acidentalmente a embarcação em que se encontrava, quando perseguia outra que estava a pescar ilegalmente, adianta a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

Em comunicado, a AMN destaca que esta sexta-feira, cerca das 6h30, no âmbito de uma ação de policiamento e fiscalização na Ria da Faro, a Polícia Marítima do Comando-local de Faro surpreendeu em flagrante delito uma embarcação que se encontrava em atividade de pesca ilegal e que depois fugiu.

"Durante a perseguição, a embarcação da Polícia Marítima embateu acidentalmente num barco de pesca de pequenas dimensões que se encontrava a navegar na ria, com dois tripulantes a bordo. O acidente ocorreu a cerca de 200 metros do cais de passageiros de Faro", indica a AMN.

Na sequência do acidente, a Polícia Marítima interrompeu a perseguição para prestar auxilia à embarcação.

Um dos tripulantes, de 65 anos, necessitou de assistência médica urgente, tendo sido transportado pela Polícia Marítima para o cais de Faro, e posteriormente encaminhado de urgência pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o Hospital de Faro.

De acordo com a AMN, o prognóstico do tripulante é reservado.

A Polícia Marítima adianta ainda estar no local a acompanhar a situação, tendo enviado para o local um psicólogo para apoio da família do pescador e dos operacionais envolvidos no acidente.