Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Morreu Álvaro de Carvalho, diretor do Programa Nacional para a Saúde Mental

António Pedro Ferreira

O psiquiatra liderava desde 2011 a área da Saúde Mental na Direção-Geral da Saúde. Morreu esta quinta-feira, vítima de cancro

O psiquiatra Álvaro de Carvalho, diretor do Programa Nacional para a Saúde Mental, morreu esta quinta-feira, aos 69 anos, vítima de cancro.

Antes de chegar à liderança do programa para a Saúde Mental da Direção-Geral da Saúde, em 2011, Álvaro de Carvalho teve vários outros cargos de relevo na área da Psiquiatria, tendo sido diretor do serviço de Psiquiatria do Hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, entre 2000 e 2006, e presidente da comissão interministerial que elaborou, há 18 anos, o I Plano Nacional Contra o Alcoolismo.

Licenciado em Medicina pela Universidade de Lisboa, em 1974, e mestre em Saúde Mental e Psiquiatria, em 1989, Álvaro de Carvalho era um dos fundadores da Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica.

Álvaro de Carvalho foi ainda um dos psiquiatras que acompanhou as vítimas de pedofilia do processo Casa Pia.

O funeral será sábado, às 14:00, na Lourinhã.