Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

FCT dá verbas para investigação em fogos florestais

Luís Barra

Primeiro concurso aberto pela Fundação para a Ciência e Tecnologia prevê o financiamento de projetos num total de 15 milhões de euros

Está aberto o primeiro concurso da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) para financiar projetos de investigação orientados para a prevenção e combate de incêndios florestais. Esta etapa é uma de três e há um total de 15 milhões de euros para atribuir.

Para esta fase inicial são cinco milhões de euros, com um prazo de candidatura até dia 28 de fevereiro de 2018. Depois vão seguir-se mais dois concursos, em 2018 e 2019. No conjunto, as três iniciativas estão enquadradas no programa mobilizador de I&D para a prevenção e combate de incêndios florestais, aprovado em Conselho de Ministros a 21 outubro na sequência das recomendações do relatório da Comissão Técnica Independente que investigou os incêndios de Pedrógão Grande.

Os concursos têm com objetivo “promover a investigação científica e a inovação, fortalecendo competências e capacidades científicas e técnicas, garantindo a apropriação e incorporação de conhecimento científico no apoio à decisão em sistemas operacionais, assim como a produção de novos conhecimentos orientados para a solução de problemas”, explica a FCT.

As áreas de investigação incluem restauro pós-fogo e gestão florestal; modelos de ordenamento e silvicultura preventiva; gestão e valorização da biomassa nos espaços rurais; gestão do fogo e comportamento de fogos extremos; saúde e segurança ocupacional dos técnicos de combate; meteorologia, previsão e gestão do risco, incluindo deteção de ignições e otimização de alertas, por exemplo.