Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Viver sem sair de casa

Há dias em que a vontade é ignorar o despertador e não sair de casa. Mas depois há um recado para fazer ou outra coisa que o obriga a ir à rua. Para seu descanso, existem agora serviços que podem trazer tudo até si

getty

E se fosse possível que tudo fosse ter a casa em vez de se ir ao encontro dos serviços? Acreditamos que sim, que é possível gozar em casa os momentos de preguiça, sem deixar de fazer nada.

7h - O despertador toca e, depois de as pálpebras oferecerem resistência à primeira luz do dia, de se espreguiçar e de esticar as costas, à porta de casa está Miss Morning com a cesta do pequeno-almoço pronta. Mariana Costa anda pelo Grande Porto e algumas localidades ali perto a entregar a primeira refeição da manhã. Para começar o dia há vários menus entre os €10 e os €20, uma amostra de pequeno-almoço que se pode personalizar, escolhendo desde o iogurte ao que vai escrito no bilhete. Mariana, a senhora das manhãs, acrescentou aos três menus já existentes um vegan. E durante este verão não esqueceu a ‘operação biquíni’ com um menu “Figo da Índia” para manter a linha desde a primeira hora da manhã.

getty

8h - Pedro Almeida toca à campainha, vem de fato de treino e com uma energia contagiante: vai-se atingir mais um objetivo. Estar em casa deixou de ser desculpa para quem tem que treinar. Desde há sete anos que Pedro Almeida criou o Treino em Casa, onde a única tarefa do cliente é estar em casa. Os treinadores fazem a avaliação da zona, levam todos os materiais e adaptam o treino ao terreno e a quem estão a treinar. Entre os €28 e os €720 por mês há aulas particulares, aulas virtuais e nutrição, sempre com o objetivo de “mudar a vida de alguém”. Na zona da grande Lisboa e Porto.

12h - Depois de se ter dado um avanço nas lides domésticas e de se ter trabalhado um pouco os músculos no treino da manhã, o nó nas costas do stresse da semana começa a incomodar. Mas não durante muito tempo. Se a intenção for livrar-se dele sem sair de casa, basta ligar para a Float In e marcar a massagem. Todos os dias entre as 8h e as 23h as terapeutas estão disponíveis para ir a casa dos clientes fazer massagens desportivas, terapêuticas ou de relaxamento. Os preços são os mesmos do spa, a não ser que a deslocação seja para fora de Lisboa. Nesse caso acresce o preço das portagens e €0,33 por quilómetro.

Uma grande parte dos serviços para usufruir em casa estão relacionados com a beleza e bem-estar

Uma grande parte dos serviços para usufruir em casa estão relacionados com a beleza e bem-estar

getty

13h30 - Após uma massagem revigorante, o corpo parece levitar e não há peso nas costas a empurrar os pés na direção do chão. Para manter esta sensação o melhor é um almoço leve, uma salada e um sumo, por exemplo. A Liquid leva a casa as refeições para um dia. Este novo serviço da marca dos detox começou este mês a pedido dos clientes habituais e tem o valor de €25. As entregas são feitas em casa dos clientes e incluem as três refeições do dia e ainda duas intermédias, à entrega acresce um valor entre os €5 e os €9.

14h30 - De repente vem à memória aquele presente que ficou por comprar e a roupa que é preciso ir buscar à lavandaria. Mas, sem problema, o Moço de Recados resolve. Parece resolver tudo, aliás. Tudo o que puder ser delegado a terceiros, explica Luís Campos, a quem já pediram para fazer todo o tipo de coisas, inclusive transportar um fato até ao Peru. Quatro anos passados desde o primeiro recado vai chegar a app e o franchising para o resto do país. Um recado, uma surpresa, um serviço, pode ser o que o cliente quiser, “desde que seja legal”, ressalva Luís Campos. Os preços variam, partindo sempre dos €15 (45 minutos) e depois €5 cada 15 minutos. Bastou ligar e o Moço de Recados comprou o presente, foi buscar a roupa e já está tudo em casa. Parecia impossível, mas a manhã já passou e conseguiu fazer-se tanta coisa sem se sair de casa.

Arranjar e cortar o cabelo sem sair de casa pode ser uma solução para as famílias

Arranjar e cortar o cabelo sem sair de casa pode ser uma solução para as famílias

getty

15h - O desenvolvimento pessoal ganhou fama e reconhecimento no país desde que Eder agradeceu à sua personal coach o presente que deu aos portugueses no inesquecível verão de 2016. Se o jogador conseguiu atingir o seu sonho, e o de uma nação, quem sabe o que mais será possível atingir quando bem treinado? E se isso for possível sem sair de casa? Em 2012, quando o homem da luva branca saía da Académica de Coimbra para o Braga, já Rosa Moniz dava os primeiros passos no desenvolvimento pessoal. Diz que agora sabe que afinal sempre foi personal coach, mas só o descobriu mais tarde. As sessões que Rosa faz são via Skype e há vários modelos. A primeira sessão é sempre gratuita de forma a perceber se há empatia com Rosa, que metodologia se deve adotar e quais são os objetivos a atingir. O primeiro passo será sempre o autoconhecimento e os preços variam entre os €320 e os €905. Rosa Moniz tira todas as dúvidas AQUI.

17h - Os dias que são passados em casa também servem para se cuidar de alguns pormenores para os quais não há tempo durante a lufa-lufa diária. A Interdomicílio começou em Espanha exatamente para dar resposta a essa correria que deixa as pessoas sem tempo. E agora em Portugal, para já só Lisboa e Porto mas quase a chegar a mais capitais de distrito, quer dar resposta a vários níveis dentro das casas. Seja em serviço doméstico, apoio domiciliário, petsitting, bem-estar e estética ou apoio ao estudo dos mais novos. O objetivo é ser sempre um serviço familiar pensado à semelhança de quem o requisita, sem que se pague a deslocação. Ter o cabelo arranjado antes de jantar e sem ter que sair de casa rondará os €25.

19h30 - Depois de aproveitado o dia de introspeção e com um penteado novo, começa a nascer a vontade de partilhar o fim do dia com amigos. Mas se não foi às compras e nem lhe apetece cozinhar, liga à Mafalda e a magia acontece. Uma garrafa de vinho, música e a arquiteta reproduz na casa de estranhos aquilo que faria na sua cozinha com os seus amigos. Leva os alimentos e prepara um menu de quatro possíveis. Com uma condição: são sempre coisas saudáveis. É assim que funciona o serviço SenaSaudavel que já foi um grupo de WhatsApp, depois uma página de Instagram. Entre €18 e €20 por pessoa, mais do que convidar alguém para cozinhar, usufrui-se de um workshop de culinária saudável.