Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Corpo de Pedro Palma descoberto na bagageira do carro um dia depois de as autoridades encontrarem o veículo

Autópsia do fotojornalista está marcada para esta quinta-feira. Hipótese mais provável é ter-se tratado de suicídio, mas a possibilidade de homicídio não se encontra totalmente afastada

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Editor de Sociedade

O corpo do fotojornalista Pedro Palma, 58 anos, foi encontrado esta quarta-feira na bagageira do seu carro. O veículo, um Alfa Romeo, foi descoberto terça-feira pelas autoridades numa rua do bairro de São Pedro, em Sintra, mas só esta quarta-feira é que a bagageira foi inspecionada. Durante a operação, o corpo foi encontrado.

Segundo soube o Expresso, o carro estava fechado e no interior da bagageira encontrava-se uma garrafa de álcool. Tudo aponta para que se tenha tratado de suicídio por ingestão de comprimidos e álcool, embora só esta quinta-feira, dia em que o corpo será autopsiado no Instituto Nacional de Medicina Legal, é que a causa da morte será confirmada. A hipótese de homicídio não foi totalmente afastada.

A Polícia Judiciária está a investigar a morte do fotojornalista e cartoonista, que, segundo a família, citada pela agência Lusa, estava desaparecido desde a passada quinta-feira.