Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Autoeuropa: “Paralisação teve adesão de 41% dos colaboradores”

Nuno Botelho

Empresa garante que “continua empenhada em encontrar um compromisso com os trabalhadores que crie, mantenha e assegure o emprego”

A Autoeuropa informou esta quarta-feira que a paralisação “teve uma adesão de 41% do total dos colaboradores” da fábrica de Palmela.

Num comunicado enviado às redações, a empresa reconhece o “impacto negativo desta paralisação”, assegurando que “continua empenhada em encontrar um compromisso com os trabalhadores que crie, mantenha e assegure o emprego”.

No documento, a empresa reitera que as encomendas para o novo modelo “requer a laboração contínua em 18 turnos por semana”, ou seja, os trabalhadores também teriam de passar a trabalhar ao sábado.

A Autoeuropa considera ainda que, para alcançar esse objetivo, “é essencial dar continuidade ao processo de diálogo com uma comissão de trabalhadores eleita”.