Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Trabalhadores da Autoeuropa mantêm greve de quarta-feira

Estão contra o trabalho aos sábados durante dois anos. Os trabalhadores da Autoeuropa reuniram-se esta manhã em plenário para preparar a greve, que promete paralisar a sucursal da Volkswagen

Em causa está a alteração de horários proposta pela administração, que quer alargar a semana de trabalho dos trabalhadores efetivos, passando a incluir o trabalho sábados, durante dois anos.

Esta tarde haverá um novo plenário, para os trabalhadores do turno da tarde. O tema é o mesmo: preparar a greve que promete paralisar a sucursal da Volkswagen na quarta-feira.

Em entrevista ao "Jornal de Negócios", o diretor-geral da Autoeuropa falou na possibilidade de deslocalizar a produção do novo modelo da marca alemã, caso os trabalhadores não cedam à exigência de trabalho aos sábados, uma ameaça desvalorizada pelo Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras.