Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Explosão em prédio em Alfama provoca 6 feridos

Explosão aconteceu num edifício da Rua dos Remédios, e terá sido provocada por uma fuga de gás. INEM e vereador da Segurança e Proteção Civil da CML confirmam que há seis feridos, dois em estado grave

O alerta foi dado às autoridades às 19h07. A explosão aconteceu no prédio nº 59 da Rua dos Remédios, no bairro de Alfama, segundo informações confirmadas ao Expresso pelo Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa. À explosão seguiu-se um incêndio no edifício, que já foi entretanto extinto.

No local, Carlos Castro, vereador responsável pelo pelouro da Segurança e Proteção Civil da Câmara de Lisboa, afirmou aos jornalistas que há seis feridos, dois dos quais em estado grave.

Citado pela Lusa, refere que os feridos estavam todos dentro do edifício e que alguns são estrangeiros.

O INEM confirmou também ao Expresso que a explosão provocou seis feridos. Dos dois que estão em estado grave, um foi transportado de helicóptero para o Centro Hospitalar Universitário de Coimbra. Trata-se de um homem de cerca de 40 anos, com queimaduras e escoriações graves. O outro ferido grave também tem queimaduras e foi transportado para o Hospital de S. José, em Lisboa, bem como os restantes quatro feridos ligeiros (dois com traumatismos nos membros inferiores e superiores, um com uma crise de ansiedade e outro com dor abdominal).

MIGUEL A. LOPES/LUSA

A explosão fez também sete desalojados, havendo o perigo de a fachada do prédio ruir, disse Carlos Castro aos jornalistas no local, pouco depois das 21h.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, Miguel Coelho, adianta também que se terá tratado de uma "fuga de gás" que provocou "duas fortes explosões", desconhecendo, para já, mais pormenores.

Uma primeira explosão terá acontecido no último andar do número 59 da Rua dos Remédios, seguida de uma segunda explosão mais pequena.