Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Fogo de Alijó chegou às portas da aldeia de Santa Eugénia

PEDRO COSTA / LUSA

Alguns idosos foram retirados de suas casas por precaução e houve uma deslocação em massa dos meios de combate às chamas para aquela aldeia

O incêndio que começou na madrugada de domingo em Alijó, distrito de Vila Real, chegou às portas da aldeia de Santa Eugénia e alguns idosos foram retirados de suas casas por precaução, constatou a Lusa no local.

A agência Lusa verificou ainda que foi por volta das 13h que houve uma deslocação em massa dos meios de combate às chamas para aquela aldeia do concelho de Alijó.

Por volta das 12h, num balanço aos jornalistas, o comandante operacional no terreno, Pedro Nunes, indicava que as quatro frentes do incêndio tinham sido reduzidas de quatro para duas, mantendo-se ativo o fogo em Agrelos e Carlão.

De acordo com informações disponibilizadas pelas 14h na página da Internet da Proteção Civil, o fogo em Alijó, na freguesia de Vila Chã, está a ser combatido por nove meios aéreos, 436 homens e 132 viaturas.

Até por volta das 12h, o dispositivo no terreno era composto por quatro aviões pesados e dois helicópteros ligeiros, estando previsto o reforço dos meios aéreos com o Canadair espanhol.

No terreno encontravam-se, desde o início da manhã, cerca de 450 operacionais apoiados por cerca de 140 veículos e oito máquinas de rasto e pelotões do exército.