Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Médias nos exames do 9º ano também sobem

Um dia depois de serem conhecidos os resultados dos alunos do secundário, o Ministério da Educação divulga as médias no ensino básico. A Matemática passou da negativa para a positiva, mas um terço dos alunos continua a chumbar à disciplina

Depois dos alunos do secundário, esta sexta-feira foi a vez dos jovens do 9º ano saberem como se saíram nas provas nacionais. E tanto a Português como a Matemática as médias também subiram. No caso da primeira disciplina, que normalmente não traz grandes dificuldades aos alunos deste nível de ensino, a média praticamente manteve-se: passou de 57% para 58%. Já a Matemática, a classificação subiu seis pontos percentuais e voltou a colocar-se na positiva: 53%.

No entanto, como as provas finais no ensino básico normalmente não fazem alterar as classificações internas que os alunos recebem dos seus professores - quem parte para o exame com nota 2 precisa de um 4 na prova para saltar para a positiva e aos longos dos anos quase ninguém o tem conseguido - a melhoria não impediu que a taxa de chumbos à disciplina descesse de forma significativa. E quase um em cada três alunos teve negativa a Matemática no final do 9º ano.

A taxa de reprovação tinha sido de 34% em 2016 e foi agora de 32%.

Já a Português, a taxa de retenção continua baixa e até caiu um ponto percentual, fixando-se agora nos 7%.

Ao todo, realizaram-se este ano letivo mais de 185 mil exames de português e matemática.