Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Arguidos do caso da Máfia de Braga em tribunal

Os arguidos do caso conhecido como a Máfia de Braga compareceram esta manhã no tribunal de instrução criminal do Porto, depois de o Tribunal da Relação ter anulado os primeiros interrogatórios porque nem todos os arguidos foram notificados para comparecer. À saída do tribunal, o advogado de Pedro Bourbon explicou que foi apresentado um requerimento de prova e que aconselhou o cliente a não falar nesta fase.

Aguardam julgamento sete homens acusados de homicídio qualificado, associação criminosa, sequestro e profanação de cadáver. São suspeitos de terem estrangulado e mergulhado em ácido sulfúrico o corpo do empresário João Paulo Fernandes, que foi raptado em março do ano passado.

Esta manhã, seriam novamente interrogados os arguidos Pedro Bourbon e Filipe Leitão, mas apenas um quis prestar declarações ao juiz de instrução.