Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Seis bombeiros feridos em fogo em Abrantes

Um dos bombeiros ficou ferido com gravidade e foi transportado para o hospital de Abrantes

Seis sapadores florestais de uma equipa da AFOCELCA ficaram esta segunda-feira feridos, um deles com gravidade, na sequência de um incêndio na zona de Crucifixo, freguesia do Tramagal, concelho de Abrantes.

“Os elementos da AFOCELCA estavam a combater a partir de uma estrada e foram surpreendidos pelas chamas devido à propagação rápida do fogo”, disse ao Expresso fonte da Autoridade Nacional da Proteção Civil.

Dois bombeiros ficaram feridos devido à inalação de fumo e três registam ferimentos ligeiros nos membros inferiores, não inspirando cuidados. Um outro bombeiro apresenta ferimentos graves no dorso e num membro inferior e foi transportado para o Hospital de Abrantes.

O fogo, que deflagrou às 12h01, foi entretanto dado como dominado e encontra-se neste momento em fase de rescaldo. No terreno encontram-se 194 operacionais, apoiados por 55 veículos e quatro meios aéreos,

Maria do Céu Albuquerque, que se encontra no local, disse à Lusa que o médico da equipa do INEM que assistiu os elementos da AFOCELCA deu dois dos feridos como estando em estado grave e três com ferimentos ligeiros.

O fogo, que a autarca disse estar a "evoluir favoravelmente", está a ser combatido por 171 operacionais, ajudados por 52 viaturas e um meio aéreo.

O incêndio andou nas proximidades de Crucifixo, não havendo, no entanto, registo de casas em perigo, acrescentou a autarca.

A AFOCELCA, um Agrupamento Complementar de Empresas, foi criada em 2002 pela união de esforços entre as empresas Aliança Florestal (Grupo Portucel-Soporcel), Celbi (Stora-Enso), e Silvicaima (Caima), mantendo-se atualmente do grupo The Navigator Company e do grupo ALTRI.

(Atualizada às 15h53)