Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

21 viaturas do INEM no terreno em Pedrógão Grande

"A prioridade neste momento é prestar cuidados e informação aos familiares das vítimas e aos desalojados", explica Luís Meira, presidente do INEM.

O presidente do INEM, Luís Meira, disse esta manhã que há 21 viaturas e "dezenas de operacionais", entre os quais médicos, enfermeiros e psicólogos, a trabalhar na região de Pedrógão Grande, onde desde ontem à tarde lavra um dos incêndios mais mortíferos de que Portugal tem memória.

O responsável especificou que "a prioridade neste momento é prestar ciudados e informação aos familiares das vítimas e aos desalojados", o que está a ser feito num ponto de referência e acolhimento criado na Casa da Misericórdia de Pedrógão Grande.

Luís Leira referiu também que o Centro de Saúde daquela localidade assistiu hoje 25 pessoas. "São situações muito traumáticas, que carecem de apoio de profissionais", concluiu.