Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Ventos fortes impedem aviões da easyJet de aterrar na Madeira

DR

Voos provenientes do Porto e de Lisboa que tinham como destino o Aeroporto Internacional da Madeira foram obrigados a regressar ao continente. Vento com rajadas ocasionalmente fortes deve manter-se até às 18h

Dois aviões da easyJet Airlines regressaram esta sexta-feira aos aeroportos de onde haviam descolado devido ao ventos que se fazem sentir no Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo, revelou fonte aeroportuária.

"Os easyJet provenientes do Porto (7585) e de Lisboa (7603) regressaram aos aeroportos de onde tinham partido devido aos ventos que, ocasionalmente, se fazem sentir na zona de Santa Catarina, em Santa Cruz, na Madeira", disse a fonte.

Em consequência, os respetivos voos de retorno que os mesmos aparelhos iam realizar ficaram comprometidos.

Duas chegadas, no entanto, já se concretizaram, uma da Aerovip, companhia que faz a ligação entre a Madeira e o Porto Santo, e outra da TAP vinda do Porto.

As três primeiras partidas (duas para Lisboa e uma para o Porto) também se realizaram.

Segundo a Estação Meteorológica no Aeroporto da Madeira, as previsões meteorológicas de vento, com rajadas ocasionalmente fortes, devem manter-se até às 18h.