Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Parlamento aprova resoluções sobre segurança alimentar e promoção de leite de cabra e ovelha

O documento do BE, que recomenda a garantia de funcionamento de um Conselho Nacional para a Segurança Alimentar e Nutricional, contou com a abstenção do PSD e CDS-PP

O Parlamento aprovou esta sexta-feira resoluções de BE, PCP, PSD, PS e CDS-PP sobre segurança alimentar e nutricional e também pela valorização e promoção da produção de leite de cabra e de ovelha e seus derivados, como o queijo.

O documento bloquista, que recomenda ao executivo socialista a garantia de funcionamento de um Conselho Nacional para a Segurança Alimentar e Nutricional, mereceu a abstenção de PSD e CDS-PP.

Já o texto do PCP advogando "medidas para a promoção da produção de leite de pequenos ruminantes" teve o voto contra do PAN, além das abstenções de PSD e CDS-PP, e a rejeição por parte do PS do seu ponto 4.º, que estipulava a "obrigatoriedade de indicação no rótulo quando o queijo for produzido a partir de leite reconstituído".

Outra resolução, apresentada por PSD, PS, BE, CDS-PP e PCP, visando a valorização do leite daqueles animais só teve a abstenção do PAN, enquanto o documento exclusivo do BE, que incluía "promoção da melhoria dos rendimentos dos seus produtores" foi aprovado com abstenções de PSD e CDS e o voto contra do PAN.

A sessão plenária retificou também o prolongamento dos trabalhos na Assembleia da República até 12 de julho, inclusive, por unanimidade. O reinício dos trabalhos parlamentares em sede de comissões ficaram marcados para 5 de setembro, sendo possível até 19 de julho decorrerem trabalhos das comissões.

Os deputados foram ainda unânimes na votação na especialidade, generalidade e final global sobre a alteração do nome da freguesia de "Parada do Bouro" para "Parada de Bouro".