Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

ERC vai analisar transmissão de vídeo pelo “Correio da Manhã” de “alegado abuso sexual”

Numa nota publicada no seu site, a ERC informa que “tornará oportunamente pública a decisão que venha a adotar”. Sindicato dos Jornalistas condena a transmissão, por considerar que “atenta contra todas as regras do jornalismo”

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) abriu um processo para analisar a transmissão pelo “Correio da Manhã” de um vídeo que mostra um alegado abuso sexual sobre uma jovem.

Numa nota publicada no seu site, a ERC informa que “tornará oportunamente pública a decisão que venha a adotar” sobre o caso.

Também o conselho deontológico do Sindicato dos Jornalistas condena a divulgação do vídeo. “Atenta contra todas as regras do jornalismo e deve, por isso, ser retirado do site”, além de não dever “ser exibido na emissão televisiva” do “Correio da Manhã”, considera o parecer do sindicato.

A edição desta quarta-feira do jornal Correio da Manhã divulga uma "alegada violação num autocarro do Porto" que, de acordo com "testemunhos e comentários que circulam em várias redes sociais, se terá passado durante a Queima das Fitas, que decorreu entre 7 e 14 de maio".

Em relação aos alegados abusos sexuais, fonte da PSP do Porto ouvida pela Lusa explicou que recebeu um e-mail "de um cidadão" a denunciar a situação, ainda que até ao início da tarde não tenham sido encontrados registos de qualquer queixa relacionada com a situação.