Siga-nos

Perfil

Expresso

Sociedade

Comissão para a Igualdade de Género apresenta queixa contra “Correio da Manhã”

Em causa está o vídeo que mostra o alegado abuso sexual a uma rapariga num autocarro. A Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género apresentará também uma queixa “contra incertos”, para o apuramento da responsabilidade criminal neste caso

A Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG) vai apresentar uma queixa no DIAP (Departamento de Investigação e Ação Penal) de Lisboa contra o Jornal “Correio da Manhã”, pela publicação do vídeo em que é visível um alegado abuso sexual a uma jovem num autocarro no Porto. Vai igualmente apresentar uma queixa no DIAP do Porto, para que sejam apuradas as responsabilidades criminais no caso.

A CIG, “enquanto organismo público responsável pela promoção e defesa da igualdade de género e do combate à violência doméstica e de género”, manifestou em comunicado “o seu repúdio pela gravidade dos comportamentos praticados e divulgados pelas redes sociais” e pelo órgão de comunicação social "Correio da Manhã".

No comunicado, a CIG refere ter decidido "apresentar queixa no DIAP do Porto, contra incertos, no sentido de proceder às diligências que considere necessárias tendo em vista o apuramento de responsabilidade criminal que esteja em causa, uma vez que as imagens indiciam comportamentos que consubstanciam a prática de crime contra a liberdade e autodeterminação sexual".

A queixa no DIAP da Comarca de Lisboa, contra o Jornal Correio da Manhã, visa a que se procedam “às diligências necessárias, tendo em vista o apuramento de responsabilidade criminal, uma vez que as imagens divulgadas indiciam a prática de crime contra a honra ou contra a reserva da vida privada".